Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

QUEBROU SILÊNCIO

'Fui vítima', diz Romero Britto sobre cliente que quebrou obra na sua frente

Reprodução/Instagram

Romero Britto de óculos escuros, gravata azul e terno xadrez da mesma cor

Romero Britto se defendeu após viralizar no vídeo de uma mulher quebrando uma obra sua de porcelana

REDAÇÃO

Publicado em 15/8/2020 - 12h35
Atualizado em 15/8/2020 - 17h02

Romero Britto quebrou o silêncio neste sábado (15) ao se manifestar pela primeira vez sobre o vídeo de uma mulher quebrando uma obra de arte na sua frente, como forma de vingança por ele ter maltratado os funcionários de seu restaurante. "Fui vítima", disse o artista plástico em uma nota de esclarecimento. Segundo ele, o caso ocorreu em 2017.

"O vídeo do incidente ocorreu em 2017, no qual todos podem ver que fui vítima de uma pessoa que foi a uma de minhas galerias de arte e quebrou uma escultura que havia ganhado. Uma peça pesada de porcelana que, ao quebrar em pedaços, poderia ter causado danos a mim, a ela ou a qualquer outra pessoa no local. É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro", declarou.

O artista disse ainda que as imagens foram resgatadas pelos internautas com o intuito de acusá-lo de algo que não cometeu: "A internet é muitas vezes injusta, e as pessoas não estão preocupadas com a verdade. Gostam de confusão, drama, negatividade, de julgar sem analisar os fatos", desabafou.

Apesar de não ter mencionado em nenhum momento as acusações que a mulher do vídeo faz contra ele, Britto afirmou que nunca teve a intenção de atacar ninguém: "Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar alguém. Vou continuar minha missão de alegrar o mundo, que como nunca precisa de mais amor, felicidade, esperança e otimismo", finalizou o artista.

Entenda o caso

Na última sexta-feira (14), Romero Britto foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter por aparecer no meio de uma confusão em uma galeria de arte onde realizava uma sessão de fotos. Nas imagens, é possível ver que uma mulher se aproximou do artista plástico segurando uma de suas esculturas de porcelana e o acusando de ter maltratado os funcionários de seu restaurante.

Na sequência, a mulher joga a obra de arte no chão e deixa Romero incrédulo. "Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante e ofenda minha equipe. Eu te respeitava como artista", disparou ela, no idioma espanhol.

Mais tarde, um novo vídeo, mais detalhado, mostrou a tal moça explicando detalhes do que tinha acontecido na ocasião.

"Senhor Britto, boa tarde. Sou a dona do restaurante Tapelia, que fica na frente da sua loja [em Miami]. Meu marido veio aqui e comprou esta obra de arte para o meu aniversário, porque tinha você em um pedestal e o admirava como um artista. Pensava que você era um homem respeitável, porém me equivoquei", desabafou a empresária no início do vídeo, enquanto segurava uma escultura do artista, avaliada em cerca de R$ 26 mil.

"Você foi no meu restaurante, reservou vinte lugares para tomar café da manhã pelo preço de oito dólares [aproximadamente R$ 43], que é barato, e ainda nos pediu desconto. Pediu para tirarem a música, humilhou meus funcionários, disse para eles não falarem e não olharem para seu rosto, se não, iria embora do restaurante. Isso foi humilhante", comentou.

TUDO SOBRE

Romero Britto

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?