Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'CARECE DE HUMILDADE'

Em novo vídeo, empresária diz que Romero Britto pediu desconto e humilhou garçons

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de Romero Britto com blusa amarela estampada com corações estilizados

Romero Britto em entrevista para a AFP; empresária disse que artista humilhou garçons em restaurante

REDAÇÃO

Publicado em 14/8/2020 - 20h34

Após trechos da vingança de uma mulher contra o artista plástico Romero Britto viralizarem na internet nesta sexta-feira (14), um novo vídeo passou a circular com um maior registro da polêmica. Nele, a empresária diz que o brasileiro pediu desconto e humilhou os garçons de um restaurante localizado em Miami, nos Estados Unidos.

"Senhor Britto, boa tarde. Sou a dona do restaurante Tapelia, que fica na frente da sua loja [em Miami]. Meu marido veio aqui e comprou esta obra de arte para o meu aniversário, porque tinha você em um pedestal e o admirava como um artista. Pensava que você era um homem respeitável, porém me equivoquei", desabafou a empresária no início do vídeo, enquanto segurava uma escultura do artista, avaliada em cerca de R$ 26 mil.

Britto tentou autografar a obra para encerrar a discussão e prosseguir com a sessão de autógrafos que promovia na sua galeria. No entanto, a mulher negou o pedido e seguiu com a bronca.

"Você foi no meu restaurante, reservou vinte lugares para tomar café da manhã pelo preço de oito dólares [aproximadamente R$ 43], que é barato, e ainda nos pediu desconto. Pediu para tirarem a música, humilhou meus funcionários, disse para eles não falarem e não olharem para seu rosto, se não, iria embora do restaurante. Isso foi humilhante", comentou.

"Para uma pessoa honesta e respeitável, você carece de humildade. Você entende? Então, eu exigo que você nunca mais vá ao meu restaurante nem ofenda o meu pessoal, nunca!", disse a empresária ao quebrar a obra de arte na frente do brasileiro.

Enquanto era retirada da galeria pelas pessoas que estavam no local, a mulher pediu desculpas pelo barraco, mas reforçou suas críticas ao criativo: "Eu o respeitava como artista, mas nunca, nunca mais vá ao meu restaurante".

Após a polêmica, o restaurante Olé Olé And Tapelia publicou o seguinte manifesto contra o brasileiro: "Alguns artistas perdem sua humildade e ganham a rejeição de seus admiradores. Romero Britto, seu grande ego, individualidade e carência de modos pretenderam humilhar a família do nosso restaurante. Artistas deste estilo perdem credibilidade, respeito e admiração. Somente ganham rejeição, repúdio e passam a serem considerados pessoas não gratas".

Romero Britto publicou foto com a expressão fake news desenhada. Reprodução: Instagram

Em seu perfil no Instagram, Romero Britto compartilhou um Stories com a expressão "fake news" personalizada com seu estilo. Ele também publicou um vídeo com a versão original da obra de arte quebrada pela empresária e um desabafo de um amigo, no qual é defendido. "Ele é um exemplo de ser humano e um artista brasileiro que se tornou idolatrado por grandes líderes em todo o mundo", disse Pierre Souza.

Confira o vídeo, em espanhol, com a confusão na galeria e o posicionamento do restaurante:

Ver essa foto no Instagram

Romero Britto

Uma publicação compartilhada por Olé Olé And Tapelia (@oleoleandtapelia) em

TUDO SOBRE

Romero Britto

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Cinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas