Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CASO DE POLÍCIA

Após agredir ex-mulher, goleiro Jean pode ser preso novamente; saiba o motivo

Divulgação

Goleiro de Jean de cavanhaque e camisa do time

Goleiro Jean, que joga atualmente pelo Atlético Goianiense, deve pensão alimentícia das duas filhas e pode ser preso

REDAÇÃO

Publicado em 15/8/2020 - 11h04

Depois de ser preso em 2019 por agredir a ex-mulher, Milena Bemfica, o goleiro Jean agora corre risco de ir para a cadeia por pagamento incompleto das pensões alimentícias das filhas. O jogador do Atlético Goianiense tem que pagar mensalmente algo em torno de R$ 31 mil, mas não está incluindo direitos de imagem que recebe além do salário e deveriam estar no montante.

"Existe um salário e valores que um jogador recebe, direitos de imagem, por exemplo, que também deveriam constar nessa pensão e não estão sendo repassados. Existe um processo de execução de alimentos em que o juiz determinou que se ele não pagar esse valor faltante, pode ser preso", afirmou Gabriel Bomfim, advogado da mãe das meninas, ao jornal Extra.

Bomfim disse ainda que Jean não teria aceitado pagar o valor de mais de 30 salários mínimos e que por isso teve que recorrer a uma liminar para que o próprio clube de Goiás descontasse do contra-cheque dele.

"Jean foi um pouco resistente para pagar a pensão das crianças, então, consegui uma liminar, tive que recorrer, e aumentei o valor dessa pensão. E agora vamos discutir tudo isso", completou.

O jogador participará virtualmente de um julgamento no Tribunal de Justiça de Salvador no próximo dia 25 para rediscutir o valor acordado.

Jean e Milena se separaram no fim de 2019, após ela o acusar de agressão. Milena postou nas redes sociais fotos com o rosto machucado e contou que foi agredida por ele em um hotel durante as férias da família, em Orlando, na Flórida. O jogador foi preso na época da denúncia e afastado do São Paulo, clube em que jogava. Atualmente, Milena tem uma medida protetiva contra Jean.

TUDO SOBRE

Justiça

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?