Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ALERTA ÀS VÍTIMAS

Filha de Woody Allen desabafa sobre vídeo em que o acusa por abuso sexual

Reprodução/Youtube

Dylan Farrow de cabelo tingido de vermelho, com expressão de indignação, usando uma blusa cinza

Dylan Farrow, filha adotiva de Woody Allen, voltou a falar sobre a acusação de abuso sexual do pai

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/3/2021 - 12h55

Dylan Farrow, filha adotiva de Woody Allen, usou o Twitter no domingo (28) para desabafar sobre a divulgação de um vídeo da infância dela exibido no documentário Allen vs Farrow, no qual acusa o diretor de cinema de abuso sexual quando tinha apenas sete anos de idade. A escritora, hoje com 35 anos, disse que a gravação pode encorajar denúncias de outras vítimas.

Dyland escreveu: "Decidi que autorizaria a exibição na esperança que a voz da pequena Dylan possa ajudar outros que estão sofrendo em silêncio, que eles se sintam compreendidos e não se sintam sozinhos. Espero que esse vídeo ajude a todos nós a permitir que segredos dolorosos saiam com segurança de seus esconderijos, para que possamos seguir com força e paz. Sem qualquer vergonha, sem medo, sem tristeza e sem silêncio".

O vídeo é de 1992 e mostra Dylan ainda criança contando para a mãe --a atriz Mia Farrow-- como o pai a chamou para passar com ele um "momento pai e filha" e a tocou em suas partes íntimas. Allen, por sua vez, já negou mais de uma vez as acusações e diz que a filha foi vítima de lavagem cerebral de Mia.

Dylan diz no vídeo: "Ele tocou nas minhas partes e depois ficou respirando na minha perna. E depois, ele fez isso, me apertou com muita força e não consegui respirar. Eu não queria que ele tivesse feito isso, mamãe. Eu não gostei".

Após o primeiro dos quatro episódios do documentário ser exibido, a esposa de Woody Allen, Soon-Yi Previn (filha adotiva do primeiro casamento de Mia Farrow e irmã de Dylan) divulgou um comunicado questionando o conteúdo da produção. Ela classificou a obra como um "trabalho sujo", "sem interesse na verdade".

Dylan Farrow alega ter sido abusada pelo pai quando ele já estava separado de sua mãe e fazia uma visita na casa da família. O documentário foi produzido pela HBO e reuniu depoimentos de outros amigos e familiares de Allen e Farrow para fomentar as acusações de Dylan contra o pai.


Leia também

Web Stories

+
Lançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver LokiDe harmonização facial a Dança dos Famosos: Veja como está o elenco de A Gata Comeu

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor série nacional lançada em 2021?