Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA JUSTIÇA

Farpas nas redes: 'Véio da Havan' processa José de Abreu e pede R$ 100 mil

REPRODUÇÃO/YOUTUBE/INSTAGRAM

Montagem com imagens do empresário Luciano Hang e do ator José de Abreu

O empresário Luciano Hang processa o ator José de Abreu por troca de farpas na internet

MÁRCIA PEREIRA

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 17/4/2022 - 15h37

O empresário Luciano Hang, mais conhecido como o "Véio da Havan", entrou com ação contra José de Abreu na qual pleiteia indenização de R$ 100 mil por danos morais. O apoiador fervoroso do presidente Jair Bolsonaro (PL) apresenta no processo nove postagens feitas pelo ator no Twitter em que é citado com termos como "canalha, covarde, sonegador" e "matador de mãe".

O caso está na Justiça de Santa Catarina e conta também com pedido de exclusão das postagens feitas por Abreu em sua página na rede social. O processo teve início neste mês, segundo informação publicada neste domingo (17) pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

A troca de farpas entre os dois nas redes sociais não é novidade. Hang, por exemplo, em janeiro deste ano insinuou que o ator é usuário de drogas. Abreu não se conteve e rebateu o comentário do empresário: "Só fumo da boa. Mas não mato mãe", escreveu no Instagram. Veja o post:

Abreu apoia o Partido dos Trabalhadores (PT) há muitos anos. É um defensor ferrenho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011). No ano passado, ele chegou a declarar que havia decidido abrir mão de sua carreira artística para se candidatar como deputado federal pelo PT no Rio de Janeiro.

No entanto, ele desistiu da ideia e já está escalado para fazer uma nova novela na Globo. O ator estará no elenco de Mar do Sertão, próxima trama das seis, com estreia prevista para 22 de agosto, substituindo Além da Ilusão.

O ator desativou sua conta no Twitter na última sexta-feira (15) como protesto contra a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) por condená-lo a pagar R$ 20 mil ao hospital Albert Einstein por ter acusado a instituição de ter, com o serviço secreto de Israel, arquitetado a facada de Bolsonaro. O artista já teve de arcar com indenização desse caso, quando foi derrotado em primeira instância em 2019.

Confira post de Abreu sobre a decisão do STF:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.