Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PRIMEIROS PASSOS

Rodrigo Mussi melhora, é extubado, mas não lembra da morte do pai

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

De jaqueta branca, Rodrigo Mussi em festa com iluminação roxa do BBB 22

Rodrigo Mussi em festa: Ex-BBB 22 melhora após acidente, é extubado, mas tem confusão mental

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 17/4/2022 - 13h43
Atualizado em 17/4/2022 - 14h20

Rodrigo Mussi foi extubado 17 dias após ter sofrido um acidente de carro gravíssimo na Marginal Pinheiros, em São Paulo. Neste domingo (17), Diogo Mussi atualizou o quadro de saúde do irmão como favorável. Contudo, o participante do BBB 22 ainda apresenta confusão mental. "Às vezes, ele está ali. Às vezes, ele traz um assunto desconexo da realidade. Ele perguntou do nosso pai, que faleceu há 11 anos nos braços dele", disse.

Rodrigo agora está prestes a deixar a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clinicas de São Paulo. "Nos próximos dois dias, entre amanhã [18] e terça-feira [19], ele já deve ir pra enfermaria", projetou o familiar do acidentado, que ainda não sabe precisar por quanto tempo o gerente comercial ficará na nova ala do centro médico.

Antes de Rodrigo Mussi ser extubado, a equipe de saúde cogitou a possibilidade de ser feita uma traqueostomia no paciente. O procedimento cirúrgico consiste na instalação de uma cânula na traqueia para facilitar a chegada de ar aos pulmões. Durante os estudos para escolher a melhor opção para o ex-BBB, os médicos decidiram extubá-lo para ver como ele reagiria.

Ele respondeu bem e hoje está extubado. Ele está falando, andando com ajuda do fisioterapeuta. Ele senta, se mexe. Está muito ativo, mexe o corpo inteiro... Então, hoje, o Rodrigo vai passar por um processo de reabilitação.

O processo de extubação já havia sido feito antes, há uma semana, mas precisou ser repetido porque o paciente não respondeu bem. "Não deu certo. Ele voltou pro tubo e foi uma segunda vez extubado. Nessa tentativa, ele teve uma falência respiratória. A glote dele fechou, e ele não conseguia respirar. Tiveram que entubar novamente", relembrou Diogo Mussi. Mas agora a extubação é definitiva.

Até o momento, os médicos do ex-confinado do Big Brother Brasil não sabem se ele terá alguma sequela física ou mental por causa do acidente.

"Essa resposta sobre sequelas já é mais difícil. Sobre perda de memória, ele tem o déficit de memória, mas é natural, é normal pelo trauma que ele sofreu no estado que ele chegou aqui. Mas não dá pra saber se vai continuar, se vai melhorar. Não dá pra operar. Ao que tudo indica, pelo histórico dele, pela idade, saudável, os médicos acreditam que isso vai ser transitório", estimou Diogo.

EDUARDO MARTINS/AGNEWS

Viih Tube e Diogo Mussi na porta do Hospital

As visitas a Rodrigo Mussi têm sido feitas em revezamento. Por isso Diogo e Rafael, o irmão caçula do ex-BBB, se alternam no centro médico para receber o boletim atualizado diariamente. A ex-BBB 21, Viih Tube, também tem ido ao hospital. E é ela quem segue responsável pelas redes sociais do amigo.

Perda de memória

Rodrigo Mussi não se lembra do que ocorreu com ele. Segundo o irmão, o ex-BBB não se recorda nem que esteve no estádio do Morumbi para assistir a um jogo do São Paulo. O gerente comercial também tem enfrentado dificuldade para formar as últimas memórias pré-acidente. "Ele vai lembrar mais das visitas aqui [no hospital] do que antes do acidente", frisou o familiar. 

Ainda assim, Mussi se lembra que tem fãs e até tentou usar o celular, mas sem sucesso. "Os familiares mais próximos ele sabe. O BBB ele lembra mais ou menos", detalhou.

De acordo com Diogo Mussi, o ex-confinado da Globo se confundiu ao falar do programa e citou situações que ocorreram na edição anterior, a 21. "Você vê que a memória dele tá um pouquinho mais pra trás do que isso, né? Essa memória recente ainda vai levar um tempo até por causa do sangramento que ele teve", acrescentou o irmão.

TUDO SOBRE

Rodrigo Mussi


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.