Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BÁRBARA AIRES

Ex-produtora trans que detonou a Globo pede emprego na internet: 'Faço até faxina'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Bárbara Aires em sua mesa de trabalho quando era funcionaria da Globo

Bárbara Aires em sua mesa de trabalho quando era funcionaria da Globo; produtora desempregada

REDAÇÃO

Publicado em 18/8/2020 - 19h55

Bárbara Aires, ex-produtora trans que detonou a Globo por ser demitida do Amor & Sexo, está desempregada e pedindo uma colocação no mercado nas redes sociais. "Não estou escolhendo vaga, já fiz até faxina", avisou em seu Twitter nesta terça-feira (18). Em 2017, a profissional ganhou notoriedade ao criticar o fato de o programa de Fernanda Lima não ter mantido uma travesti em sua equipe.

Agora, Bárbara decidiu usar as redes sociais para fazer um apelo sobre sua situação. "Estou desempregada e quero trabalhar. Fui consultora e produtora na Globo, Amor & Sexo, Fantástico e na GNT. [Fui] Assessora parlamentar por três anos. Fiz quatro períodos de Jornalismo, [está] trancado e quero voltar", escreveu no microblog.

"Já fui sacoleira, de vender muamba na rua. Já trabalhei com atendimento ao público e vendas. Tenho trabalhos como atriz e modelo. Já fiz centenas de palestras. Já fui cabeleireira. Não ligo para vaga e status. Não fujo de trabalho, só quero trabalhar."

Na segunda-feira (17), a consultora de gênero e sexualidade já havia pedido ajuda para conseguir arcar com suas despesas de serviço. "Como vocês sabem, estou desempregada. Já postei aqui [que estou] disponível até para faxina. Estou com três contas de luz, duas de água e a internet atrasadas. Se alguém puder me ajudar de alguma forma", solicitou.

Horas depois, ela voltou à plataforma para avisar que o apelo deu resultado. "Obrigada a única pessoa que me ajudou de fato. Não vou marcar porque ela me procurou no privado e não quer exposição. Paguei a luz mais antiga para não cortar e uma água", comemorou.

Em publicações em seu Instagram, a profissional lista que atuou na série Quem Sou Eu?, no Fantástico. A atração de 2017 contou histórias de transgêneros em fases distintas. Bárbara também coloca no currículo o documentário Liberdade de Gênero (2016), da GNT, que narrou a história de 14 pessoas e suas questões de gênero.

Segundo ela, no Amor & Sexo foram dois anos --2012 e 2013-- como consultora e produtora. Em 2017, no entanto, ela expôs sua saída da Globo com mágoa. "O programa fica prometendo dar voz ao pessoal transgênero, dizendo que merecem mais oportunidades. Mas na hora de empregar gente na produção eles não acham relevante, mesmo tendo essa possibilidade", declarou na ocasião.

Agora, com a divulgação de seu pedido de emprego, Bárbara disse estar admirada com o retorno que tem tido dos internautas. Segundo ela, muitos se impressionam com o fato de uma ex-funcionária da Globo estar sem oportunidades na área.

"Essas reações provam justamente o que eu sei na pele. Não adianta [ter] boas experiências, referências e qualificação se você é trans. Automaticamente você não está no perfil da empresa ou da vaga pretendida. Ouvi isso tentando ser cabeleireira, vendedora e balconista", desabafou.

"Eu sei que se fosse uma mulher cis, exatamente como eu sou, estaria empregada. Se eu fosse um homem cis, com certeza, estaria em algum cargo de chefia com o CV que tenho. E olha que não postei nem metade, postei justamente oportunidades marcantes", finalizou.

Veja as publicações de Bárbara Aires no Twitter e Instagram:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?