Lucas Salles

Ex-CQC revela que prostitutas davam informações sobre políticos ao programa

Divulgação/Record

O comediante Lucas Salles em evento da Record como repórter de A Fazenda

O comediante Lucas Salles, que hoje é repórter de A Fazenda, contou segredo sobre produção do CQC

REDAÇÃO - Publicado em 22/09/2019, às 13h29

Lucas Salles revelou um segredo sobre a época em que trabalhou no CQC (2008-2015), da Band. Ele fazia reportagens em Brasília, entrevistando senadores e deputados, e muitas informações sobre os políticos vinham de fontes não-convencionais. Salles afirma que prostitutas que tinham autoridades como clientes contavam várias fofocas.

"Sabe como a gente conseguia algumas informações? Com prostitutas. O produtor marcava um encontro com a prostituta e ficava lá, desenrolando. Não transava, era superprofissional. Eu fui num encontro só, mas o produtor ia direto", lembra ele, em entrevista que o programa Diário Semanal, apresentado pelo comediante Bruno Motta em seu canal no YouTube, publicou neste domingo (22). 

Salles trabalhou no CQC em 2014 e 2015, entrou com apenas 20 anos para o elenco do programa. Em seguida, em 2016 e 2017 trabalhou no Pânico na Band e também fez muitas reportagens em Brasília. "Toda semana estava lá", ele diz.

Mas o humorista não tem muitas boas lembranças no que diz respeito ao trabalho no CQC. Ele conta que o ritmo era muito intenso, e o cansaço também.

"Posso falar a verdade? Eu não fui feliz no CQC. Fui feliz profissionalmente, mas pessoalmente era um desgaste. Eu fui muito jovem pro CQC. Quando você chega lá, quer dar o seu melhor, e dar o seu melhor, pra um programa de televisão semanal, é o equivalente a trabalhar de segunda a segunda. Trabalhava mais do que o diretor. Mas tudo bem, foi onde aprendi muito", pondera.

Após atuar em programas humorísticos como A Vila (2017-2018), do Multishow, e ser um dos participantes da edição deste ano do Power Couple Brasil, Salles conseguiu um emprego na Record como repórter de A Fazenda para redes sociais. Mas ele confessa que sonha em voltar a um trabalho "sério" na TV, e na Globo. 

"Queria muito fazer Profissão Repórter ou Fantástico. Não sei se eu conseguiria, mas adoro fazer coisas sérias. Pegar aquelas pautas que deixam a pessoa [refletindo]", declara ele, que chegou a fazer parte do elenco da novela Além do Horizonte (2013).

Confira o vídeo da entrevista de Salles a Bruno Motta:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook