EXIGIRAM R$ 50 MIL

Diego Alemão sofre nova tentativa de extorsão; advogados e testemunhas são presos

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Diego Gasques e Jeffrey Chiquini, seu advogado, na Delegacia de Furtos e Roubos, em Curitiba, em 22 de abril de 2020

Diego Gasques e Jeffrey Chiquini, seu advogado, na Delegacia de Furtos e Roubos, em Curitiba

REDAÇÃO - Publicado em 23/04/2020, às 19h02

Diego Gasques, conhecido como Alemão, sofreu nova tentativa de extorsão. O vencedor do BBB7 foi preso após um acidente de trânsito no sábado (18), em Curitiba. Liberado após fiança, ele foi procurado por Daniel Alves, o homem que gravou a prisão. Acompanhado de dois advogados, o indivíduo pediu R$ 50 mil para mudar seu testemunho. A defesa do ex-BBB acionou a polícia, e os três foram presos em flagrante na quarta-feira (22). 

"A verdade começa a aparecer", desabafou Gasques em seu Instagram após o ocorrido. "[Quero] Agradecer meu advogado por me apoiar em um dos momentos mais difíceis da minha vida. Um trabalho ímpar pela justiça. Obrigado ao delegado Marcelo Magalhães da Delegacia de Furtos e Roubos pelo excelente trabalho."

Ao Notícias da TV, Jeffrey Chiquini, advogado do ex-BBB, deu detalhes da prisão de Alves e seus dois representantes, Maurício Gomes Tesserolli e Walter José de Fontes. "O homem que filmou Alemão sendo algemado foi na delegacia e disse para o delegado que havia entregado todas as imagens. Mas deixou algumas na manga. Ele não entregou todas. Ele disse que tinha imagens que denegriam o Alemão e outras favoráveis", conta.

Os três exigiram R$ 50 mil em troca das imagens extras e de mudar o depoimento a favor do empresário, ainda com a promessa de não processá-lo futuramente. Diante dos fatos, Chiquini acionou a polícia e marcou um encontro com o trio, que aceitou receber um adiantamento de R$ 10 mil e foi preso em flagrante.

"Ele [Tesserolli] usava o termo 'acordo'. É extorsão. Fiz exatamente como a lei determina. Não aceito chantagem. Fiz aquilo que o poder judiciário, o Ministério Público e a sociedade esperam de mim. Fui honesto", completa.

Via Instagram, a Delegacia de Furtos e Roubos publicou um vídeo do delegado Marcelo Magalhães confirmando o flagrante. "Eles estão sendo presos por extorsão, associação criminosa e fraude processual", informou.

Segundo Chiquini, Gasques ficou satisfeito com o desfecho, mas ao mesmo tempo "arrasado" em ter sido vítima mais uma vez. Na segunda (20), ele registrou um boletim de ocorrência contra Fábio Reis Rosário, motorista de aplicativo com o qual se envolveu no acidente. Ele afirma ter dado R$ 7 mil ao homem mediante extorsão.

A primeira testemunha a favor de Gasques depôs nesta quarta-feira (23) na Dedetran (Delegacia dos Delitos de Trânsito). Trata-se da namorada do ex-BBB, cuja identidade ele mantém em segredo, que foi ao local do acidente após receber uma ligação do empresário. "Ela viu o segundo depósito ser feito e o homem pedir mais dinheiro. Ela, inclusive, bateu boca com o homem, pois ficou nervosa", relata Chiquini.

A defesa de Gasques emitiu um comunicado sobre a nova tentativa de extorsão. Leia a íntegra:

"Está ocorrendo a prisão nesse exato momento de dois advogados que exigiram R$ 50 mil para não divulgar mais imagens do Diego Gasques, da ocorrência envolvendo o ex-BBB Diego Alemão no final de semana.

Maurício Gomes Tessarolli, se apresentou como advogado do senhor Daniel Alves, morador da residência que realizou as filmagens pelo celular veiculadas na imprensa.

Maurício Tessarolli entrou em contato com o advogado de Diego, Jeffrey Chiquini, informando ter mais imagens comprometedoras à imagem e reputação do ex-BBB.
Tessarolli marcou a reunião no estacionamento da confeitaria Requinte, no bairro Cabral em Curitiba, onde exigiu a vantagem indevida. Diego Gasques e seu advogado gravaram toda a conversa.

A prisão em flagrante dos advogados de Daniel Alves foi foi realizada no escritório do advogado Jeffrey Chiquini pela Delegacia de Furtos e Roubos. Os presos estão sendo encaminhados para à Delegacia de Furtos e Roubos no Jardim Botânico."

Entenda o caso

Diego Alemão foi preso na manhã do último sábado (18) em Curitiba, capital do Paraná. Ele se envolveu em um acidente de trânsito com Fábio dos Reis Rosário, motorista de aplicativo. O homem alegou que estava com o carro parado, esperando uma corrida, quando o ex-BBB bateu na traseira de seu veículo.

O indivíduo afirmou que Alemão não queria que a polícia fosse chamada e o agrediu no rosto, deixando-lhe um ferimento na boca. Quando os oficiais chegaram ao local, o artista se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado para a Dedetran (Delegacia dos Delitos de Trânsito) em Curitiba.

Alemão foi autuado por conduzir veículo sob efeito de álcool ou qualquer outra substância psicoativa, lesão corporal e desacato. Ele passou uma noite preso. Sua liberação aconteceu por volta de 15h de domingo (19) após pagar fiança de R$ 7 mil.

Na segunda (20), o empresário voltou à Dedetran para registar um boletim de ocorrência contra Rosário acusando o motorista de extorsão. Ele afirma ter feito transferências no valor de R$ 7 mil para o homem durante uma negociação.

Gasques relatou que transferiu R$ 3 mil para a conta do motorista para reparar a batida. No entanto, ao ser reconhecido como personalidade da mídia, o condutor teria exigido mais dinheiro. Alemão, então, pagou mais R$ 4 mil.

Edson Facchi, advogado de Rosário, confirmou que seu cliente recebeu a quantia do ex-BBB. Entretanto, frisa que o valor foi dado para seu cliente “voluntariamente” e não mediante extorsão.

Confira publicações de Diego Alemão e de sua defesa sobre o caso:

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

A verdade apareceu. A justiça prevaleceu! Diego Alemão foi vítima duas vezes de crime de extorsão. Mas a verdade veio à tona! Sem refresco. Comigo não tem esquema!

Uma publicação compartilhada por Jeffrey Chiquini (@jeffreychiquini) em

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Na tarde de hoje (22), a Delegacia de Furtos e Roubos prendeu três indivíduos suspeitos de exigir R$50.000,00 para não divulgar imagens gravadas de Diego Gasques, conhecido como “Diego Alemão”. No último sábado (18), o ex BBB se envolveu em um acidente de trânsito, o qual gerou grande repercussão. Um dos moradores da região gravou o ocorrido e então através de seus dois advogados entrou em contato com o advogado de Diego, exigindo a quantia para a não divulgação das imagens comprometedoras à reputação da vítima. O autor das imagens e seus dois advogados foram presos em flagrante e conduzidos até a DFR. • • • #pcpr #dfr #furtoseroubos #extorsão #policiacivil

Uma publicação compartilhada por Delegacia de Furtos e Roubos (@dfr.pcpr) em

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook