R$ 7 MIL PELA LIBERDADE

Ex-BBB Diego Alemão paga fiança e sai da cadeia: 'Verdade vai prevalecer'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Diego Gasques, vencedor do Big Brother Brasil 7, em foto para seu Instagram em 26 de junho de 2015

Diego Gasques, vencedor do BBB7, em foto do Instagram; ele passou uma noite na prisão em Curitiba

REDAÇÃO - Publicado em 19/04/2020, às 17h18 - Atualizado às 18h52

Diego Gasques, conhecido como Alemão, foi solto na tarde deste domingo (19) após pagar fiança de R$ 7 mil. O vencedor do BBB7 se envolveu em um acidente de trânsito em Curitiba, no Paraná, no sábado (18). Ele foi preso após ameaçar o outro motorista e desacatar policiais que estavam na ocorrência. "A verdade vai prevalecer", disse ao deixar a prisão.

"Tem muita inverdade no meio desse show midiático que está sendo feito. Eu resolvi parar aqui porque fiquei sabendo que as redes foram infestadas de mensagens de apoio. Então, quero deixar meu muito obrigado", disse à imprensa que estava presente no Dedetran (Delegacia de Delitos de Trânsito), onde ele passou a noite.

O ex-BBB foi liberado por volta de 15h. A juíza Fernanda Maria Zerbetto Assis Monteiro, responsável pelo Plantão Judiciário em Curitiba, autorizou a liberação. 

Em conversa com o Notícias da TV, Jeffrey Chiquini, advogado do empresário, destacou que o trabalho da defesa agora será documentar que Gasques não estava embriagado. Para isso, ele se sujeitará a exames que serão usados como prova.

A defesa informa também que, ao contrário do que foi noticiado, o ex-BBB não foi proibido de deixar Curitiba. Inclusive, ele deve voltar para São Paulo já nesta segunda-feira (20) ou na terça-feira (21).

Em comunicado oficial sobre o caso, Chiquini ressalta que seu cliente se arrepende de ter sido "intenso com os agentes de segurança", como mostram vídeos que circulam na internet. Leia a íntegra:

"O fato configurou mero acidente automobilístico, sem vítimas e com prejuízos patrimoniais leves. Em momento algum Diego se furtou de responsabilidade e no local dos fatos, inclusive, se propôs à reparação do dano patrimonial e realizou transferência bancária no valor de R$7.000,00.

Os fatos somente tiveram este desdobramento diante das incessantes exigências financeiras feitas pela suposta vítima, sob o pretexto de não expor a imagem de Diego aos veículos de comunicação.

Diego se arrepende de ter sido intenso com os agentes de segurança pública após o uso de algemas, mas justifica sua revolta no fato de ter sido preso após ter sido extorquido pelo motorista de aplicativo.

Esta defesa nega que Diego estava embriagado. E assegura que contribuirá com as investigações e provará sua inocência.

Jeffrey Chiquini
Advogado de Diego"

Entenda o caso

O vencedor do BBB7, Diego Alemão foi preso na manhã de sábado (18) em Curitiba. A batida em que Diego Alemão se envolveu aconteceu por volta de 7h da manhã. Um motorista de aplicativo alegou que estava com o carro parado, esperando uma corrida, quando o empresário bateu na traseira de seu veículo.

O homem afirmou que Alemão não queria que a polícia fosse chamada e o agrediu no rosto, deixando-lhe um ferimento na boca. Quando os oficiais chegaram no local, o ex-BBB se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado para a Delegacia dos Delitos de Trânsito em Curitiba.

Diego Alemão foi autuado por conduzir veículo sob o efeito de álcool ou qualquer outra substância psicoativa, lesão corporal e desacato. Confira o momento em que ele foi preso:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook