Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MÁGOA ANTIGA

Cozinheira volta a atacar 'grosserias' de Bonner e diz que ele tinha ciúme de amigos

REPRODUÇÃO/TV GLOBO E REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem de William Bonner na bancada do Jornal Nacional e da cozinheira Léa Silva, a Tia Léa

William Bonner é acusado grosseria por ex-funcionária; cozinheira Léa Silva diz guarda mágoa

ODARA GALLO

odara@noticiasdatv.com

Publicado em 7/6/2020 - 10h52

Léa Silva, conhecida como Tia Léa do Vidigal, voltou a demonstrar mágoa da época em que relata ter trabalhado na casa de William Bonner e Fátima Bernardes. A cozinheira afirma que o apresentador do Jornal Nacional era grosseiro com os empregados e tinha ciúme dos amigos que iam até a cozinha conversar com ela. Procurados, o jornalista e a apresentadora ainda não se manifestaram.

Em seu Instagram na noite deste sábado (6), Léa fez uma live para comentar a repercussão do vídeo em que afirmou ter sido tratada com grosseria após livrar Vinícius, 22 anos, filho de Fátima e Bonner, de se queimar há 20 anos.

A ex-funcionária acusou a comandante do Encontro de falsidade quando ela se emocionou com o relato de Mirtes Renata Souza, mãe do menino Miguel. A apresentadora entrevistou na sexta (5) a empregada doméstica que teve o filho deixado sozinho pela patroa, Sari Corte Real, no elevador do prédio e morreu após cair do nono andar de um prédio em Recife.

A cozinheira diz que muitas pessoas foram à sua rede social acusá-la de mentir. Por isso, resolveu contar outro episódio em que afirma ter sido tratada com grosseria por Bonner.

"Fui no mercado fazer compra, o motorista deles não foi me buscar com as compras. Eu fui fazer a infelicidade de pedir pra uma moça me dar uma carona até o condomínio. A filha da puta foi contar pro William que eu tava pedindo carona na porta do mercado", relatou Léa.

"Quando eu cheguei na casa, ele já tava sabendo da história[, e falou]: 'Eu não quero que você jamais fale para as pessoas que você trabalha pra mim. Não ouse falar que trabalha pra mim. Se eu te mandar embora agora, tem um monte aí na frente querendo trabalhar'", reproduziu a cozinheira.

A cozinheira afirma ainda que o jornalista não gostava que seus convidados conversassem com ela e chegou a citar o diretor Carlos Henrique Schroder. "O cara [Bonner] chegou ao ponto de dizer que não conseguia entender como os amigos dele iam na casa dele e iam na cozinha falar comigo, que vem a ser esse diretor da Globo, o Schroder. O homem se despencava da sala pra ir na cozinha falar comigo. O cara tinha ciúme dos amigos", continuou.

Em outro trecho do vídeo, Léa comentou sobre a relação de Bonner e Fátima quando eles ainda eram casados. "[Tenho] mágoa da Fátima, que era uma submissa daquele homem. Demorou muito pra dar um pé na bunda dele", opinou.

Confira um trecho da live de Léa Silva no Instagram:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?