Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'MILAGRE'

Conrado deixa hospital 46 dias após acidente que matou Aleksandro

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O músico Conrado com um boné virado para trás sorri para a câmera

O músico Conrado; ele ficou um mês em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) após acidente

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 22/6/2022 - 18h04

Após 46 dias do acidente que matou Aleksandro, Conrado recebeu alta do Hospital Regional de Registro na tarde desta quarta (22). O sertanejo deixou a instituição de saúde ao lado do músico Júlio César Bigoli Lopes, que também sobreviveu ao capotamento do ônibus da dupla na rodovia Régis Bittencourt, em São Paulo, no início de maio.

"Foi um mês e meio de muito cuidado, procedimentos delicados, paciência e orações. Gostaríamos de agradecer todo o respeito e sensibilidade com que os amigos da imprensa trataram esse momento tão delicado", disse a representante do artista, por meio de nota.

"Perdemos seis amigos de equipe, dois ainda estavam se recuperando de quadros considerados graves e tratados pela própria equipe médica como milagre", acrescentou.

"Foram dias difíceis e ainda precisamos prezar pela saúde e privacidade dos dois, contando com a compreensão e respeito de todos neste período. Assim que eles se sentirem confortáveis, vão se pronunciar publicamente", concluiu ela.

Conrado chegou à instituição em estado grave e passou por uma cirurgia para controle de sangramento e também para correção de uma fratura na bacia. Ele passou por mais uma intervenção em 1º de junho para fazer um enxerto nos ferimentos das costas.

Ele havia deixado a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) há cerca de duas semanas. "Mais um passo dado, e os planos de Deus são muito maiores do que os meus! Após um mês ainda tenho meus momentos particulares de luto, que vou compartilhar com vocês assim que me recuperar e tiver alta definitiva", disse ele, na ocasião.

Confira o boletim médico de João Vitor Moreira Soares, o Conrado:

O Hospital Regional de Registro informa que o paciente João Vitor Moreira Soares recebeu alta hospitalar nesta data, com orientações para acompanhamento e seguimento clínico multidisciplinar.

Relembre o acidente

Os sertanejos voltavam de um show no Paraná quando o ônibus em que estavam tombou na Rodovia Régis Bittencourt, na altura de Miracatu (SP), em 7 de maio. Além de Aleksandro, outras cinco pessoas morreram na tragédia.

A Polícia Civil investiga as causas do acidente. Segundo o G1, o laudo do IC (Instituto de Criminalística) revelou que os pneus do veículo apresentavam sinais de explosão. A principal hipótese é de que ele tenha saído de controle após colidir contra algum obstáculo na vida.

Quem são as vítimas?

O primeiro nome confirmado entre as mortes foi o de Aleksandro, ele tinha 34 anos. As outras cinco vítimas foram os músicos Wisley Aliston Roberto Novaes, Marzio Allan Anibal e Roger Aleixo Calgnoto, e os técnicos Giovani Gabriel Lopes dos Santos e Gabriel Fukuda. O veículo tinha a bordo 19 pessoas, entre elas os dois cantores.

TUDO SOBRE

Acidente


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.