Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA BIENAL DO LIVRO

Claudia Raia confessa incômodo por estereótipo de gostosona na TV

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Claudia Raia vestida de branco e dourado

Claudia Raia em foto publicada no Instagram; atriz confessou que se incomodava em ser enaltecida só pela beleza

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 11/12/2020 - 19h50

Claudia Raia participou de um painel virtual na Bienal do Livro de São Paulo nesta sexta-feira (11) para falar sobre Sempre Raia Um Novo Dia, seu livro de memórias recém-lançado. Ela revisitou parte de sua carreira na conversa e confessou que se incomodava muito em ser enaltecida apenas pela beleza no começo da carreira. 

Na live com Rosana Hermann, que escreveu o livro junto com Raia, e Thiago Guimarães, youtuber do canal Ora Thiago, a atriz, de 53 anos, relembrou a novela Roque Santeiro (1985), a primeira de sua carreira, na qual interpretou a dançarina Ninon.

Naquela época, ela ficou perturbada com o fato de ser vista como símbolo sexual, e durante a conversa enfatizou a dificuldade que teve para ser reconhecida como atriz ao longo de sua trajetória. Aborrecida com o pouco espaço na trama da Globo, a então jovem de 19 anos foi falar com o diretor Paulo Ubiratan (1947-1998).

"Eu vim aqui perguntar se fazer novela é só mostrar a bunda", recordou a atriz. Ela contou que ouviu uma resposta machista, mas não desanimou e concentrou esforços para descontruir esse estereótipo de gostosona. Tanto que, na sequência de sua carreira, recusou um papel de prostituta em outra novela. 

"Fui indo e pegando alguns atalhos. Não abandonando a porta pela qual eu tinha entrado, que era pela beleza, mas fui me reinventando, aprendendo e mostrando que eu tinha outros talentos", destacou.

"Eu fui lutando, desde cedo. É uma coisa da minha personalidade. Nunca gosto da minha zona de conforto. Sempre quero uma coisa que me comova, me mova. Uma inquietude minha", completou a veterana. 

Hermann exaltou a carreira e a vida de Raia, muito intensas, segundo ela. "A Claudia viveu 90 anos em 50. Viveu muito intensamente, fazendo muita coisa ao mesmo tempo. Ela fez a opção de ser essa grande atriz", disse a roteirista.

Questionada sobre como se vê daqui a 30 anos, Claudia brincou: "Vamos segurar a nossa onda, que a gente quer chegar aos 110", disse. "Quero morrer no palco. É a minha cara. Muito teatral, com todo mundo aplaudindo. Muito lindo. Já falei para meus amigos fazerem um grande evento quando eu desencarnar. Uma grande celebração", encerrou.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?