Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GRUPO DE RISCO

Atores veteranos são vetados de gravações em Salve-se Quem Puder; entenda

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Os atores Otávio Augusto e Deborah Secco como avô e neta, Ignácio e Alexia, respectivamente, em cena da novela Salve-se Quem Puder, da Globo

Otávio Augusto e Deborah Secco como avô e neta em Salve-se Quem Puder; ator cortado de cenas finais

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 11/12/2020 - 8h21
Atualizado em 11/12/2020 - 18h37

Devido à segunda onda da pandemia da Covid-19, atores veteranos foram vetados nas últimas gravações de Salve-se Quem Puder, novela das sete que retorna ao ar só em 2021. Por serem do grupo de risco, os artistas com mais de 60 anos acabaram ficando de fora nas cenas do casamento de Alexia (Deborah Secco), uma das protagonistas da trama de Daniel Ortiz.

O Notícias da TV confirmou que dois intérpretes ligados à mocinha tiveram de sair de cena. Graziela (Débora Olivieri), a mãe da noiva, e Ignácio (Otávio Augusto), o avô que é louco pela neta, não estarão presentes no casamento da atriz da história.

A protagonista foi dada como morta, mas, a essa altura, já terá reencontrado toda a família. A boda da destrambelhada só vai ao ar no último capítulo do folhetim. Uma desculpa será inventada para justificar a ausência do avô e da mãe da noiva na cerimônia.

De acordo com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a decisão de cortar os atores das gravações marcadas para semana que vem é uma medida que atende aos novos protocolos de segurança impostos pela emissora a seus funcionários. 

Otávio Augusto, que atualmente está com 75 anos, inclusive, teve que gravar várias cenas diretamente de seu sítio no interior de São Paulo. A Globo até escalou Cristina Mullins, mulher do ator, para fazer uma participação especial na novela das sete durante a operação anti-Covid-19 da emissora.

A atriz entrará na trama como Nair, irmã do avô de Alexia/Josimara (Deborah Secco), já que os dois cumprem isolamento juntos.

Os trabalhos de Salve-se Quem Puder se encaminham para a reta final após alguns percalços. Flávia Alessandra testou positivo para a Covid-19 e teve que ser afastada da novela. Agora curada da doença, ela já retomou a agenda de gravações, que ficou parada por três semanas.

Os produtores esperam encerrar tudo antes do Natal. As atrizes Vitória Strada e Juliana Paiva, intérpretes das protagonistas Kyra/Cleyde e Luna/Fiona, respectivamente, já gravaram seus finais alternativos. Divididas entre dois amores, as duas vão decidir com quem ficar somente no último capítulo. 

As personagens principais também reencontrarão suas famílias após deixarem o programa de proteção a testemunhas, já que a vilã Dominique (Guilhermina Guinle) será presa e castigada. 

Escrita por Daniel Ortiz, mesmo autor de Haja Coração --novela reprisada que ocupa a faixa das 19h atualmente, Salve-se Quem Puder terá só mais 53 capítulos, totalizando 107. Antes da pandemia, a trama previa 155 episódios da saga de Alexia, Kyra e Luna. 


Últimas de Salve-se Quem Puder


Resumos Semanais

Resumo da novela Salve-se Quem Puder: Capítulos de 14 a 17 de julho

Quarta, 14/7 (Capítulo 99)
Kyra fica dividida entre o amor que sente por Rafael e Alan. Luna explica a Mário que Helena foi vítima de Hugo e que ela ama o pai. Ermelinda pede desculpas a Alexia. Helena apoia a ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos participantes escolhidos para o BBB22?

Web Stories

+
BBB22: Após frustrar público, Globo anuncia participantes nesta sexta-feiraSunga branca, esponjão e recorde no paredão: 10 momentos para o BBB22 tentar superarSabrina Sato volta à Globo; apresentadora já foi Bailarina do Faustão e esteve no BBBBBB22 promete briga por chuveiro, traz Rafa Kalimann de volta e terá novo quadroQuem é o namorado de Carla Diaz? Felipe Becari defende causa animal e é político

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas