Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ELEIÇÃO DOS EUA

Chris Evans, Lady Gaga e outros famosos comemoram derrota de Trump

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A imagem mostra um abraço da cantora Lady Gaga em Joe Biden, eleito presidente dos EUA

A cantora Lady Gaga abraça o democrata Joe Biden durante a campanha do presidente recém-eleito

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 7/11/2020 - 17h56
Atualizado em 7/11/2020 - 19h17

O democrata Joe Biden, de 77 anos, foi declarado neste sábado (7) o 46º presidente da história dos Estados Unidos. Com a confirmação da derrota de Donald Trump, celebridades que se opõem ao governo do republicano, como o ator Chris Evans, a cantora Lady Gaga e a socialite Kim Kardashian, festejaram nas redes sociais.

Evans, por exemplo, reagiu a um tuíte em que Trump se declarava vencedor do pleito. "Eu ganhei esta eleição", anunciou o político. "Não, você não ganhou", rebateu o Capitão América da franquia Os Vingadores. 

Lady Gaga celebrou a vitória de Trump minutos depois de o resultado ter sido confirmado por veículos de imprensa. "Joe Biden, Kamala Harris e povo americano, vocês acabaram de dar ao mundo um dos maiores atos de bondade que a humanidade já viu. Só amor pelo nosso novo comandante e nossa primeira vice-presidente mulher eleita à Casa Branca", escreveu a cantora.

"E muito bem, Filadélfia!", destacou Gaga. Na última segunda-feira (2), Trump atacou a atriz de Nasce Uma Estrela (2018) durante um comício na cidade da Pensilvânia. "Eu sei de histórias sobre ela que podem chocar a todos", disse o atual presidente. A vencedora do Oscar de melhor canção em 2019 usou então a importante virada de Biden no berço de Rocky para tripudiar.

O diretor Spike Lee se empolgou durante os festejos pela derrocada de Trump. Crítico severo do político conservador, como mostra seu filme mais recente, Destacamento Blood (2020), o autor de Faça a Coisa Certa (1989) e Malcom X (1992) não divulgou nada em seus perfis, mas foi flagrado estourando champanhe nas ruas do Brooklyn, em Nova York. 

Jennifer Aniston, que até hoje é lembrada por ter dado vida a Rachel, em Friends (1994-2004), publicou no Instagram um GIF de sua personagem mais famosa abrindo os braços em gestual de exaltação. Abaixo da imagem, um ícone da campanha Biden/Harris.

Kim Kardashian West, cujo marido, Kanye West, concorreu à presidência, publicou uma foto de Biden e Kamala Harris acompanhada de três emojis de coração. A senadora democrata, aliás, foi bastante festejada neste sábado. Ela se tornou a primeira mulher (e primeira negra) eleita para o cargo de vice-presidente dos Estados Unidos.

Artistas como as atrizes Sophia Bush (One Three Hill), Zoey Deschanel (500 Dias com Ela) e Alyssa Milano (Charmed), o ator John Cusack (Alta Fidelidade), as cantoras pop Beyoncé, Demi Lovato e Ariana Grande, a rapper Lizzo e o diretor Jordan Peele (Corra) destacaram a chegada de Harris à Casa Branca.

Intérprete da vice-presidente Selina Meyer em Veep (2012-2019), a atriz Julia Louis-Dreyfus ficou feliz com o caso de vida imitando a arte: "Senhora vice-presidente não é mais uma personagem de ficção".

Confira a repercussão da vitória de Biden:

Ver essa foto no Instagram

It’s time to hold the people in charge accountable. It’s time for them to listen. And it’s time for actual change in our policies and practices.

Uma publicação compartilhada por Lizzo (@lizzobeeating) em

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Beyoncé (@beyonce) em


Leia também

Web Stories

+
Fim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileirosLonge dos holofotes: Veja por onde andam cinco atores de Hilda FuracãoAtaque de fã-clube e troca de professor: Cinco tretas marcantes na Dança dos Famosos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você vai acompanhar após o fim do No Limite e Power Couple?