Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

INDIRETA BEM DIRETA

Camilla de Lucas critica Patricia Abravanel por fala sobre comunidade LGBTQ+

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Camilla olha para a câmera, usa blusa colorida e está com o cabelo solto; Patricia olha para a câmera, sorri e usa regata branca

Camilla de Lucas e Patricia Abravanel em fotos publicadas no Instagram

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/6/2021 - 20h19

Camilla de Lucas se revoltou após Patricia Abravanel dizer que acha difícil educar os filhos para falar sobre pautas envolvendo a comunidade LGBTQ+. A vice-campeã do BBB21 publicou uma indireta bem direta para a filha de Silvio Santos. "Se você coloca um filho no mundo, é dever seu ensiná-lo a não ser homofóbico!", escreveu a blogueira no Twitter. 

A publicação da influenciadora digital foi feita na tarde desta terça-feira (1º), algumas horas depois de a fala da apresentadora do Vem Pra Cá repercutir nas web. Mais cedo, durante a apresentação do matinal, Patricia resolveu comentar sobre as críticas que Caio Castro e Rafa Kalimann receberam após compartilharem um vídeo homofóbico em suas redes.

A contratada do SBT tentou justificar a situação usando como argumento o fato de que pessoas conservadoras ainda estão aprendendo a lidar com a diversidade, portanto, possuem o direito de ser intolerantes.

"Nós, que fomos educados com pais mais conservadores, estamos aprendendo, se (sic) abrindo. Mas acho que também é um direito [ser intolerante]. As pessoas deviam respeitar [a intolerância]. Por que não concordar em discordar? A gente pode ter opiniões diferentes, mas tudo bem", disse Patricia. 

Em outro trecho do programa, a herdeira de Silvio Santos saiu em defesa de Caio e Rafa Kalimann e opinou que os dois não são pessoas preconceituosas, apenas tiveram acesso a uma educação diferente.

"É difícil educar filhos ao falar sobre isso, sabia? Vou dizer ao público 'LGBTC' que é muito difícil saber o que eu vou falar? Como vou falar? A gente não sabe lidar! Tem que ter respeito, compreensão, e não massacre nem cancelamento", continuou ela. 

Depois que os comentários já tinham caído na web, ela tentou amenizar suas declarações e chamou um colega de sua equipe para afirmar que vem tentando aprender sobre a comunidade LGBTQ+. "A gente já trabalha junto há um tempão. Ele me ajuda a entender mais desse mundo todo e de muitas outras coisas", disse Patricia. 

Durante o ao vivo, a comunicadora ainda entregou que sua fala incorreta sobre a sigla do movimento acabou gerando comentários nos bastidores. "Ele falou que quando eu falei 'LGBT não sei o que +' isso não foi legal porque isso demonstra... Mas assim, ao mesmo tempo que a gente está tão aberto para o amor, a gente fica mais aberto ao erro também", completou ela.

Confira as publicações a seguir:


Leia também

Web Stories

+
42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do reality

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?