Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BATEU EM CHRIS ROCK

Após tapa no Oscar, Maíra Cardi critica Will Smith: 'Faltou inteligência'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM e GLOBOPLAY

Maíra Cardi (à esquerda) em um vídeo de seus Instagram Stories; Á direita, Will Smith dá tapa em Chris Rock no Oscar 2022

Maíra Cardi avaliou a agressão de Will Smith no Oscar 2022 como 'falta de inteligência'

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/3/2022 - 13h40

Maíra Cardi não aprovou a atitude de Will Smith no Oscar 2022. Na madrugada desta segunda-feira (28), o ator deu um tapa em Chris Rock no palco da premiação após ele fazer piadas com a aparência de sua mulher. A coach de emagrecimento colocou em jogo a sanidade emocional do famoso.

"A gente questiona, até aonde vai o equilíbrio emocional dessa pessoa. Agora está batendo por ela. E quando ele bater nela? Porque se uma pessoa levanta daquela maneira, com aquele ímpeto incontrolável, no meio de uma premiação ao vivo, cheia de pessoas, e dá um soco porque lhe faltou inteligência emocional, eu não acredito que aquilo ali tenha sido pontual", alfinetou ela nos Stories do Instagram.

Por outro lado, a influenciadora reprovou as palavras de Rock: "Provavelmente, aquilo ali é ele na vida dela. A atitude dele também não foi legal e tem que ser revista por ele mesmo. A gente não tem que estar aplaudindo porque o cara bateu".

"Não somos bichos, não somos animais. Não é batendo que a gente resolve as coisas. Ele poderia conversar, processar... Mas batendo... Quando uma pessoa perde razão, a outra não precisa perder também porque daí vira uma bagunça. Acho que tudo ali estava errado", completou a mulher de Arthur Aguiar.

Revolta com piada

O climão no Oscar aconteceu no momento em que o comediante subiu ao palco para anunciar o vencedor do prêmio de melhor documentário. Ele fez brincadeiras com Denzel Washington, Will Smith, e dirigiu-se a Jada Pinkett Smith, que raspou os cabelos por conta de uma doença chamada alopecia.

"Jada tinha que fazer G.I. Jane 2. Mal posso esperar para assistir", disse, ao citar a atriz, que já falou publicamente sobre sua condição autoimune. O filme G.I. Jane ganhou o título de Até o Limite da Honra (1997) no Brasil. No longa, a atriz Demi Moore aparece careca.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.