Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BEM-HUMORADA

Após superar câncer, Heloisa Périssé dá lição de vida e aceita seu 'novo normal'

Reprodução/Instagram

A atriz Heloisa Perissé sorri discretamente em foto posada, com paisagem de praia no plano de fundo

Heloisa Périssé demonstra atitude positiva ao lidar com dificuldades da vida, como o tratamento do câncer que teve

FERNANDA LOPES

Publicado em 29/6/2020 - 5h35

O ano de 2019 foi difícil para Heloisa Périssé: aos 53 anos, descobriu tumores nas glândulas salivares e se submeteu a tratamentos. Em 2020, quando a atriz achava que voltaria a ter uma vida normal ao se curar do câncer, veio a pandemia do novo coronavírus. Mas ela não perde o bom humor. Mesmo com uma sequela física da doença, Heloisa dá uma lição de vida e se acostuma a lidar com seu "novo normal".

"Estou rindo tortinho. Agora já estou aprendendo a lidar com esse meu novo eu. Não vou deixar de sorrir mesmo", disse, em evento online para divulgar a reprise de Cine Holliúdy na Globo, a partir do dia 7. Após o tratamento contra o câncer, a atriz ficou com paralisia parcial na boca, por isso ela cita o "riso tortinho".

"Eu lido com a vida vivendo o agora. Não vivo no que será, vivo no que está acontecendo. Ensino minhas filhas a não varrerem as coisas para baixo do tapete, porque, quando você adia lidar com aquilo, você está aumentando aquilo, e vai encontrar algo mais forte lá pra frente. Então eu escolho ter uma boa vida. Tudo me faz sorrir", ensina Périssé.

Apesar do bom humor, ela admite que enfrentou momentos difíceis entre agosto e setembro de 2019, quando descobriu o câncer. Em outubro, já havia passado por cinco sessões de quimioterapia e 30 de radioterapia e deu uma entrevista ao Fantástico na qual já falava sobre seu lema de levar a vida pelo lado positivo. "Não é nem o que te acontece. É o seu olhar em relação ao que está te acontecendo. É isso que muda", relatou, na ocasião.

Para este ano, a atriz planejava voltar com tudo ao trabalho: ela faria uma turnê de sua peça em Salvador, Bahia, gravaria a segunda temporada de Cine Holliúdy e havia apresentado o projeto de uma nova série para a Globo, que começaria a desenvolver. A Covid-19, no entanto, freou todos os planos de Heloisa.

"Nós achávamos que iríamos ficar 15 dias dentro de casa, estamos há 100. Eu estava já com o meu ano todo feito. Ano passado eu vivi minha pandemia particular, hoje estou vivendo a pandemia no coletivo. Então eu termino com um versículo bíblico que diz assim: 'O homem faz planos, mas a palavra final é de Deus'", discursa.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?