Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PIADA NÃO AGRADOU

Após ser processado por Renato Aragão, Rafinha Bastos debocha: 'Fiz o Didi chorar'

REPPRODUÇÃO/YOUTUBE

O humorista Rafinha Bastos durante uma apresentação de stand up comedy em São Paulo; print de vídeo publicado no YouTube

Rafinha Bastos debochou de Renato Aragão, o Didi, durante uma apresentação de stand up em São Paulo

KELLY MIYASHIRO

Publicado em 21/2/2020 - 11h26

Após relatar que foi processado por Renato Aragão, Rafinha Bastos debochou do humorista veterano durante uma apresentação de stand up comedy em São Paulo. O youtuber disse que não poderia falar sobre o caso que está sob sigilo na Justiça, mas fez piada mesmo assim. "O que aconteceu foi que eu sacaneei o Instagram dele e ele não gostou. Não sou o Criança Esperança, mas eu fiz o Didi chorar", brincou ele.

Notícias da TV entrou em contato com Rafinha Bastos e Renato Aragão a respeito do suposto processo, mas não obteve retorno de nenhuma das partes até a publicação desta reportagem.

Em um trecho do stand up publicado no YouTube na noite desta quinta-feira (20), o humorista comemorou que se tornou réu de mais um processo judicial. "Minha desgraça é a alegria do país, então estou aqui dividindo esse momento com vocês", ironizou o comediante. Na sequência, ele explicou que o caso originou de uma brincadeira publicada nas redes sociais no ano passado. 

De acordo com o relato, a piada em questão teria sido feita em 2 de maio de 2019, quando Rafinha compartilhou um vídeo do Instagram de Renato Aragão em que ele vestia roupas descoladas e dançava animado ao som de música de rap ao fundo.

"Enquanto você curte a vida, Renato Aragão (vulgo Didi Mocó) está num cativeiro em Atibaia sendo torturado e obrigado a participar de vídeos bizarros que têm a sua monetização controlada pelo crime organizado", escreveu Bastos em uma publicação feita no Twitter. 

Relembre o caso: 

Ainda no stand up, Rafinha continuou a fazer piadas sobre o assunto. "Eu nem podia falar sobre isso publicamente, porque o processo tá em segredo de Justiça, então eu posso perder muito dinheiro. Então foda-s*, pois eu já nem tenho mais dinheiro também", completou. 

"Quer meu dinheiro, Didi? Vai buscar com a Wanessa Camargo", provocou ele, em referência ao processo movido pela cantora na época em que Rafinha Bastos integrava o elenco do CQC - Custe o Que Custar (2008-2015), programa extinto da Band. Na ocasião, o humorista disse que "comeria até o bebê" que a filha de Zezé di Camargo esperava e foi condenado a pagar uma indenização de mais de R$ 300 mil.

"E eu não posso ficar quieto, Didi, tá bom? Não posso deixar você me fod*r e ficar em silêncio. Tá pensando que eu sou o que? O Dédé [Santana]?", provocou Bastos, se referindo aos boatos de que Renato Aragão teria levado vantagem sobre o colega de Os Trapalhões (1966-1995). 

"Confesso que eu fiquei meio dividido com esse negócio do processo. De um lado, feliz porque eu sei que o Mussum (1941-1994) tá sorrindo no céu. E do outro lado, triste porque você não imagina que um herói seu vai te fod*r dessa forma. É como se você tivesse caindo de um prédio, vem o Super-Homem na sua direção, pensa que ele vai te salvar, ele enfia o dedo no seu c* e vaza", finalizou Rafinha Bastos na sátira.

Confira o vídeo do stand up de Rafinha Bastos em que ele fala sobre Renato Aragão:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?