Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEGUNDO ROUND

Antonia Fontenelle acusa Juliette de se aproveitar de xenofobia: 'Furar fila'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com Antonia Fontenelle à esquerda e Juliette Freite à direita

Antonia Fontenelle e Juliette Freite; campeã do BBB 21 já a acusou de xenofobia no passado

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 14/6/2022 - 11h44

Antonia Fontenelle usou as redes sociais para comentar a polêmica em torno de Juliette Freire, que denunciou a xenofobia de um estúdio de dublagem por lhe pedir para neutralizar o sotaque. Ela sugeriu que a campeã do BBB 21 está acusando injustamente as pessoas para desviar a atenção de sua formação artística. "Você quer passar na frente, furar a fila. Vai estudar, pé no saco", disparou.

A própria influenciadora disse que já teve problemas com a jovem. "Tem uma moça, ex-BBB, que insiste em ser atriz, cantora, sei lá o que, sem estudar. Juliette e sua mania de acusar todo mundo de xenofobia. Ela, inclusive, me arrumou um problema muito grande com essa palhaçada", começou.

"Ela foi fazer um teste de dublagem para um filme com projeção internacional, chegou lá e pediram para neutralizar o sotaque. Mais do que normal. E ela foi acusar a produção de xenofobia", continuou.

Antonia citou a atuação de Susana Vieira em Senhora do Destino (2004) para corroborar o seu ponto de vista. "Ela é carioca e fez a Maria do Carmo, que era nordestina. Quando pediram para fazer o sotaque nordestino, ela não foi acusar o Aguinaldo Silva [autor] e os diretores da novela de xenofobia", filosofou.

"Te manca, vai estudar e para de ficar acusando as pessoas de xenofobia. Existe uma coisa chamada perfil de personagem, que é importante que você entenda. O sotaque era nordestino? Não, não era. Se fosse, não teriam pedido para você neutralizar", seguiu.

"Isso não tem a ver com xenofobia, tem a ver com arte, coisa que você desconhece. Sabe por quê? Você quer passar na frente, quer furar a fila. Vai estudar, pé no saco. Isso que você é", arrematou Antonia.

Entenda o caso

Juliette fez um desabafo na sexta (10) sobre episódios de xenofobia que sofreu durante a carreira artística. Ela revelou que, ao ser chamada para fazer a dublagem de um filme, se espantou com o pedido para que neutralizasse o sotaque. Ela não aceitou e, consequentemente, foi reprovada no teste.

"Esse exemplo que eu dei foi só um de vários outros. Tem a questão de encarar o sotaque nordestino de uma forma caricata e rir, tem a questão dos meus amigos não conseguirem alugar um imóvel. A mensagem que quis deixar foi a seguinte: xenofobia existe, sim, e ela está enraizada na nossa cultura. A gente precisa questionar", disse ela nas redes sociais.

Confira o vídeo de Antonia Fontenelle nas redes sociais:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.