Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CONDENADA

Amber Heard perde processo e pagará R$ 40,5 milhões a Johnny Depp por difamação

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Johnny Depp e Amber Heard no tribunal durante processo que abriram um contra o outro

Johnny Depp e Amber Heard são condenados por difamar em processos diferentes

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 1/6/2022 - 19h53

Johnny Depp venceu processo na ação que movia contra a ex-mulher Amber Heard, por difamação. Após seis semanas de julgamento, o júri decidiu a favor do ator, acusado pela atriz de violência doméstica, e deve receber US$ 8,35 milhões (R$ 40,5 milhões, na cotação atual). O júri concluiu, por unanimidade, que as afirmações dela sobre o artista eram maliciosas.

A decisão foi lida nesta quarta-feira (1°) no Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia. Nela, a juíza determinou o pagamento  de US$ 10 milhões (R$ 47,75 milhões) ao ator por danos compensatórios e US$ 5 milhões (R$ 23,90 milhões) em danos punitivos. Contudo, a atriz também venceu parte do processo após o ex-advogado de Depp acusá-la de inventar uma história para os policiais. Com isso, ela receberia US$ 2 milhões (R$ 9,5 milhões).

Apesar do valor estipulado na sentença, os limites legais do Estado impedem a indenização punitiva de US$ 5 milhões. De acordo com o site TMZ, a indenização final que o ator receberá da atriz será de US$ 8,35 milhões. Depp não compareceu ao tribunal, apenas Amber. 

Depp acusava a ex de difamação por causa de um artigo publicado em 2018 no jornal Washington Post, no qual Heard usava as palavras "abusador sexual". Embora não tenha citado o nome do ator na publicação, Amber deu declarações sobre abuso doméstico na época.

Após a decisão, Amber Heard se pronunciou sobre o assunto. "A decepção que sinto hoje vai além de palavras. Estou de coração partido que a montanha de evidências ainda não foi suficiente para enfrentar o poder e influência desproporcionais do meu ex-marido", afirmou em um comunicado. "Estou ainda mais decepcionada o que este veredito significa para outras mulheres. É um retrocesso", lamentou. 

Já Depp declarou que, com a decisão, conseguiu ter a própria vida de volta. "Alegações falsas, muito sérias e criminais foram feitas a mim através da mídia, o que desencadeou uma enxurrada interminável de conteúdo odioso, embora nenhuma acusação tenha sido feita contra mim. Seis anos depois, o júri me deu minha vida de volta", declarou.

Johnny Depp e Amber Heard foram casados de 2015 a 2017. A briga judicial entre o ex-casal se transformou em filme em 2021.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.