Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SEM DINHEIRO

Advogada expõe que Amber Heard não tem como pagar indenização milionária a Depp

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Amber Heard em depoimento no tribunal durante processo contra o ex-marido, o ator Johnny Depp

Amber Heard não tem dinheiro para pagar indenização milionária a Johnny Depp e vai recorrer

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 2/6/2022 - 17h29

Amber Heard perdeu o processo contra Johnny Depp, seu ex-marido, e foi condenada a pagar um total de US$ 8,35 milhões (R$ 40,5 milhões, na cotação atual) de indenização ao ator. O problema, no entanto, é que a atriz não tem essa quantia, como informou a advogada dela, Elaine Charlson Bredehoft.

"Ah, não. Absolutamente", garantiu Bredehoft em entrevista ao programa Today Show, dos Estados Unidos. A advogada acrescentou ainda que Amber pretende recorrer da decisão do Tribunal. 

"É uma mensagem horrível. É um revés, um revés significativo porque é exatamente isso que significa. A menos que você pegue seu telefone e filme seu marido ou seu companheiro batendo em você, efetivamente, você não vai fazer outros acreditarem", afirmou na sequência. 

Vale lembrar que Johnny Depp, embora também tenha sido condenado em outro processo, vai precisar pagar apenas US$ 2 milhões (R$ 9,5 milhões, na cotação atual) a Amber. O valor é quatro vezes menor que o estipulado para a atriz.

Ao avaliar a situação, Bredehoft comparou o cenário a um "coliseu romano", destacando que o júri teria sido influenciado pela campanha nas redes sociais --que, em sua maioria, demonstravam apoio a Depp, criando movimentos a favor do ator e levantando cartazes na rua em que ocorria o julgamento, em Virgínia. 

"Não há como eles [júri] não terem sido influenciados [pela internet]. Foi horrível. Foi muito, muito desigual. É como o coliseu romano, como eles viram todo esse caso", afirmou a advogada.

Caso Amber de fato declare não ter o valor estipulado para a indenização, o que se espera é que os futuros salários da atriz sejam penhorados. "Se ela disser: 'Olha, eu não tenho [o dinheiro]; você pode olhar as minhas contas bancárias', então, podemos falar sobre coisas como penhorar o salário", explicou a especialista Jessica Levinson em entrevista à CBS News.

Outra opção, de acordo com a advogada norte-americana Sandra Spurgeon, seria Amber declarar falência. Nesse caso, ela não seria obrigada a pagar a maior parte da multa (US$ 8 milhões, referentes a medidas compensatórias), embora ainda precisasse indenizar Depp em US$ 350 mil (R$ 1,67 milhão), referentes às medidas punitivas.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.