Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CASO DE POLÍCIA

Paula é indiciada por intolerância religiosa contra Rodrigo no BBB19

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Paula von Sperling, campeã do BBB19: indiciada pela Polícia Civil por racismo contra Rodrigo - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Paula von Sperling, campeã do BBB19: indiciada pela Polícia Civil por racismo contra Rodrigo

GABRIEL VAQUER

Publicado em 18/4/2019 - 21h29

A campeã do Big Brother Brasil 19, Paula von Sperling, foi indiciada nesta quinta-feira (18) pela Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), por preconceito e intolerância religiosa contra o colega de confinamento, Rodrigo França. A conclusão do inquérito acontece depois de mais de dois meses de investigação.

Em nota, a Delegacia afirmou que, após análises de imagens e de ouvir os envolvidos em depoimentos, entendeu que ouve intolerância por parte da bacharel em Direito. O processo físico será enviado ao Ministério Público na próxima quarta-feira (24).

"Após a oitiva dos envolvidos, análise de vídeo e demais diligências realizadas, concluiu-se pela ocorrência de injúria por preconceito (art. 140 §3º do Código Penal), que acarretou o indiciamento de Paula von Sperling Viana", diz a nota.

"A Polícia Civil se pauta pelo respeito à liberdade de expressão, mas destaca que, por meio desta, não se pode violar a dignidade da pessoa humana, repudiando todo e qualquer ato ofensivo à religião, etnia, orientação sexual, procedência geográfica, etc do próximo", conclui o documento.

Caso o Ministério Público do Rio de Janeiro aceite a denúncia feita pela Polícia Civil, Paula será processada criminalmente por injúria, que pode dar de um a três anos de prisão, além de multa correspondente ao crime cometido.  

Como Paula entrou na mira da Justiça

O problema ocorreu em 6 de fevereiro, em um papo que viralizou nas redes sociais. Paula disse ter "medo" de Rodrigo por ele falar de Oxum, orixá da beleza, do amor e da maternidade na umbanda.

"Eu tenho muito medo do Rodrigo", comentou a mineira. "Medo do quê? Acha que ele [Rodrigo] vai te mandar para o paredão?", questionou Hariany Almeida. "Não, eu tenho medo de eu pegar o líder e mandar o Rodrigo para o paredão", respondeu ela.

"Ele mexe com esses trecos aí. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu fico com medo disso tudo", continuou Paula. Hariany tentou alertar a amiga, que não ouviu os seus conselhos.

"Mas não fala disso, não. As pessoas dessas religiões lá fora vão achar que você é preconceituosa", tentou corrigir a goiana. "Mas eu não sou, não. Nosso Deus é maior", finalizou a mineira. 

Em 11 de fevereiro, o Decradi anunciou a abertura de inquérito. Dias depois, a Globo disse que o caso estava sendo analisado e que tomaria eventuais medidas se fossem necessárias, mas Paula não sofreu maiores sanções pelo que houve.

Últimas de BBB19

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas