Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

RELEMBRAR É VIVER

Grazi, Alemão ou Kaysar: Qual edição do BBB a Globo deve reprisar? Vote na enquete

DILSON SILVA/AGNEWS E REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com imagens dos ex-BBBs Diego Alemão, Grazi Massafera e Kaysar Dadour atualmente

Diego Alemão (BBB7), Grazi Massafera (BBB5) e Kaysar Dadour (BBB18) foram marcantes em suas edições

REDAÇÃO

Publicado em 9/4/2020 - 5h43

O apelo para José Bonifácio de Oliveira, o Boninho, esticar o BBB20 até o fim da quarentena não funcionou, e o reality chegará mesmo ao fim no próximo dia 23. Mas, como a Globo anda improvisando até reprises de Copa do Mundo, nada impede que algumas edições marcantes do reality, como a de Diego Alemão ou a de Grazi Massafera, voltem a ser exibidas pela emissora. Qual BBB você gostaria de rever? Vote na enquete no fim do texto.

Por causa da pandemia do coronavírus, o público já está sem novela, sem futebol e ficará também sem o Big Brother Brasil em duas semanas. Boninho já deixou claro que não é possível prorrogar o reality --afinal, ninguém sabe até quando vai durar o isolamento social. As novelas inéditas, por exemplo, só voltarão no mês de agosto.

Até mesmo Rafael Portugal usou seu quadro de humor no programa para falar sobre a saudade que vai sentir do atual confinamento. Confira:

Apesar de não ser possível manter o reality show no ar, outras edições também foram tão marcantes quanto a 20ª e merecem ser revistas. Ex-BBBs como Diego Alemão, Ana Paula Renault, Marcelo Dourado e Jean Wyllys, por exemplo, deixaram o público com saudade. Veja abaixo, cinco edições inesquecíveis do programa que poderiam ser reprisadas pela Globo quando o BBB20 terminar:

reprodução/tv globo

Grazi Massafera e Jean Wyllys foram os finalistas da quinta edição do Big Brother Brasil


BBB5

Um dos principais nomes do elenco da Globo saiu da quinta edição do BBB: Grazi Massafera. Outro personagem que seguiu nos holofotes foi o campeão Jean Wyllys, que investiu na carreira política, se tornou deputado federal, cuspiu em Jair Bolsonaro e chegou a ter sua família ameaçada, o que o fez deixar o Brasil.

Além de casais, barracos e homofobia, a temporada contou com outros participantes marcantes, como a cabeleireira Tati Pink, a modelo Natália Nara e o médico Rogério Padovan, o doutor Gê. O BBB5 teve também o primeiro campeão gay, que eliminou todos aqueles que o colocaram no paredão por preconceito.

reprodução/tv globo

Diego Alemão, Irislene Stefanelli e Fani Pacheco formaram um triângulo amoroso no BBB7


BBB7

De rivalidade a triângulo amoroso, a sétima edição foi uma das mais lendárias do reality show. Diego Alemão criou uma rixa com Alberto Caubói e se envolveu tanto com Íris Stefanelli, a Siri, quanto com Fani Pacheco, que disputaram seu amor. O confinamento contou ainda com o casal Fernando Bacalow, o Justin, e Flávia Viana, a Flavinha --que anos mais tarde e já divorciada, foi campeã de A Fazenda 9.

reprodução/tv globo

Marcelo Dourado ganhou uma segunda chance ao participar do BBB10 e se tornou campeão


BBB10

Assim como o BBB20, Boninho quis tornar a décima edição uma das mais marcantes e confinou Marcelo Dourado pela segunda vez. O lutador tinha saído com alta rejeição do BBB4, mas acabou se sagrando campeão. O programa de 2010 também contou com participações marcantes de Serginho Orgastic e Anamara de Brito, a Maroca, uma barraqueira querida até por Pedro Bial.

Além de todas as tretas e closes, ainda sobrou espaço para um trisal formado por Eliéser Ambrósio, Cláudia Colucci (a Cacau) e Angélica Marques (a Morango).

reprodução/tv globo

Ana Paula Renault descobre que sua eliminação no BBB16 era falsa e volta para a casa


BBB16

Ana Paula Renault, uma das personagens mais marcantes que já passou pelo Big Brother Brasil, saiu da edição que foi ao ar em 2016. A jornalista tentou formar casal, criou intriga, voltou de um paredão falso com a frase icônica "olha ela" e acabou sendo expulsa por agredir Renan Oliveira com dois tapas na cara.

O público caiu nas graças e nos barracos de Ana Paula e não gostou nem um pouco da sua expulsão. O prêmio ficou com Munik Nunes, a Pequi, uma das maiores aliadas de Renault no programa, ao lado de Ronan Oliveira e da dona Geralda Diniz, que ficaram entre os quatro finalistas do programa.

reprodução/tv globo

Ana Clara Lima e Kaysar Dadour se abraçam após quase 43 horas em prova de resistência 


BBB18

Uma grande novidade marcou a 18ª edição do BBB: a disputa em família. Ana Clara Lima e seu pai, Ayrton, foram escolhidos pelo público para disputar R$ 1,5 milhão como se fossem uma pessoa só. Os dois ficaram entre os finalistas.

A temporada também teve o paredão falso com a campeã Gleici Damasceno, o poder dos eliminados de decidir quem ficaria imune ao veto da prova do líder, e a participação de Kaysar Dadour, refugiado da Síria, que virou ator.

Kaysar e Ana Clara, aliás, também conseguiram um recorde no reality: eles ficaram até o fim da prova de resistência mais longa da história. Foram quase 43 horas em cima de uma plataforma. Como ninguém desistiu, a produção teve que dar um raro empate aos dois por questões de saúde.

Enquete

Qual temporada do BBB a Globo deve reprisar?

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?