Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Racismo é crime

De tapa no bumbum a ameaça de polícia: Thelma do BBB20 já sofreu muito racismo

Reprodução/Globo

A participante Thelma Assis com expressão séria na casa do BBB20

Thelma Assis tem sido alvo de demonstrações de racismo no BBB20; antes do reality ela também sofreu preconceito

REDAÇÃO

Publicado em 3/4/2020 - 8h12

Só nesta semana, Thelma Assis foi alvo de duas demonstrações de racismo. Fora do BBB20, o ex-diretor da Band Rodrigo Branco a chamou de "negra e coitada", e dentro da casa Gizelly Bicalho fez piada da maquiagem da colega, dizendo que Thelma passava barro. O marido da médica, Denis Santos, contou que, antes mesmo de entrar para o reality show, ela já teve de enfrentar vários casos de racismo em sua vida.

"Uma vez ela estava no elevador do hospital [onde trabalha] e levou um tapa no bumbum. Quando virou, viu que era a chefe da faxina, que perguntou o que ela estava fazendo ali, já que precisava de gente para limpar a parte debaixo do prédio", relatou Santos ao jornal Extra.

Ainda no hospital, enquanto trabalhava como médica anestesiologista, Thelma sofreu preconceito de seus próprios colegas. "Certa vez, tinha um caso grave e ela precisou levar [o paciente] para a UTI. Quando chegou lá, uma funcionária falou de forma agressiva com ela e perguntou onde estava o médico responsável. E não fazia nenhum sentido aquela pergunta, porque a Thelma estava vestida para os procedimentos que ela realiza", contou o marido.

Ele se lembrou também de um episódio num banco que quase virou caso de polícia. Thelma e Santos foram até uma agência porque precisavam quitar uma dívida num valor alto, mas tiveram problemas ainda maiores.

"Ela precisou ir até a agência, porque o valor daquela transação não era permitido pela internet. Quando chegou lá, o funcionário não aceitou o RG dela, e teimou que queria ver o passaporte. Só depois de uma confusão, que quase deu caso de polícia, o banco resolveu o nosso problema", explicou ele.

O marido de Thelma disse que a família já está tomando providências jurídicas contra a injúria racial cometida por Rodrigo Branco. A mais atingida pelas ofensas foi a mãe da participante, Yara Assis, que tem 70 anos e ficou sabendo da história pela televisão. Santos diz que ela ficou bastante nervosa.

Ele acredita que, quando sair da casa, Thelma ficará bastante chateada com os insultos de que foi alvo, mas levará a situação toda de cabeça erguida.

"Infelizmente ela já está acostumada. Assim como todo negro nesse país. Sei que ela vai ficar triste, sim. Só que vai enfrentar o problema, como sempre fez. Ela não abaixa a cabeça para ninguém", afirmou.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos sobre o Big Brother Brasil e também revelações exclusivas de novelas!

Últimas de BBB20

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?