APAGOU O PERFIL

BBB20: Família de Thelma promete agir contra ex-diretor da Band após fala racista

REPRODUÇÃO/GLOBO E REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Reprodução de imagem de Thelma Assis, participante do Big Brother Brasil 20, e Rodrigo Branco

Familiares de Thelma Assis avisaram que tomarão providências após fala racista de Rodrigo Branco

REDAÇÃO - Publicado em 31/03/2020, às 19h03

A família de Thelma Assis informou que vai adotar as providências cabíveis para defender a sister do Big Brother Brasil 20 após uma fala considerada de cunho racista feita por Rodrigo Branco, ex-diretor da Band e guia turístico dos famosos nos Estados Unidos. Em uma live no Instagram com a influenciadora Ju de Paula, ele afirmou que a médica e a jornalista Maria Júlia Coutinho só estão em evidência por serem negras.

"A respeito do conteúdo de uma live, feita ontem, amplamente divulgada nas redes sociais e meios de comunicação, estamos adotando as providências cabíveis na defesa dos interesses da Thelma e da população negra brasileira", informou os familiares da sister em uma publicação, sem citar o nome do ex-diretor da Band. No entanto, pelos stories da rede social, eles compartilharam várias postagens com críticas as falas de Rodrigo Branco.

Anielle Franco, irmã da deputada Marielle Franco (1979-2018), se colocou à disposição da família de Thelma Assis para levar o caso à Justiça. "Contem comigo", escreveu ela na publicação. A cantora Iza e a atriz Pathy Dejesus também apoiaram a decisão em não deixar o caso impune.

A polêmica iniciou na noite de segunda-feira (30), quando o ex-diretor revelou torcer para Rafa Kalimann, enquanto Ju prefere que Thelma conquiste o prêmio. "Não, gente, a Thelma nem pensar. Posso falar uma coisa? Torcer pela Thelma é racismo", comentou ele indignado.

Mesmo com os contrapontos e avisos feitos pela influenciadora, Rodrigo continuou com seus argumentos negativos sobre Thelma e falou sobre a conquista da liderança no reality, após 26 horas em uma prova de resistência: "Semana passada ela ganhou uma provinha e ficou se achando, humilhou todo mundo".

Após a repercussão negativa, o ex-diretor se defendeu das acusações de racismo na madrugada desta terça-feira (31). No entanto, horas depois, ele apagou seu perfil na rede social e o vídeo com o pedido de desculpas saiu do ar.

"Sempre falo o que eu penso. Várias vezes já falei besteiras. Mas eu mudo de ideia. Ignorante é não mudar de ideia. Falei um monte de merda, não falei nada como eu penso. Eu queria falar uma coisa e falei outra. Fui racista e tenho que assumir quando a gente fala merda", disse ele no vídeo.

"Ainda bem que tenho amigos que me ligaram e eu escutei, percebi que fiz merda. Quero pedir desculpas à Ju de Paula. Peço desculpas a todo mundo. Levei puxão de orelha e falei merda. Não me queira mal por isso", concluiu, sem citar o nome da jornalista ou da médica.

Confira a publicação feita pela equipe de Thelma Assis:


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos sobre o Big Brother Brasil e também revelações exclusivas de novelas!

Últimas de BBB20

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook