Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JOVEM E MEIGA

Jade Picon enterra visual sexy e fatal e vira a Viih Tube do BBB 22

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem de Jade Picon de top vermelho e calça preta e Viih Tube de vestido marrom

Jade Picon e Viih Tube: Participantes adotaram estratégia de imagem muito semelhante para o BBB

LUIZA LEÃO

luiza@noticiasdatv.com

Publicado em 27/1/2022 - 6h40

Uma das influenciadoras mais conhecidas da geração Z, Jade Picon cresceu nas redes sociais. Desde os 12 anos, expõe sua vida para o público, graças ao pontapé do seu irmão, Leo Picon, no universo digital. A garota passou pela adolescência com um pé na moda e, hoje, é referência nos quesitos estilo, luxo e glamour. Porém, para entrar no BBB 22, ela adotou uma imagem mais acessível.

Jade apostou em uma estratégia que a humaniza: trocou o visual loiro platinado pela cor natural dos cabelos e substituiu os looks fatais por uma imagem de jovem fashionista, ainda que com um toque sensual. A tática de descer do pedestal da mulher sexy para um patamar juvenil e infantilizado já havia sido adotada por Viih Tube, da 21ª edição do BBB.

"Viih usava tiaras e conjuntinhos em tons claros para passar uma imagem mais menininha, indo no sentido oposto ao seu estilo sexy fora da casa. Jade segue uma linha mais próxima do que é em sua vida fora do confinamento, mas no BBB ela usa cores mais quentes e tem mostrado uma versão mais despretensiosa e consciente dos seus privilégios. É uma estratégia mais sutil que a de Viih Tube", analisa a consultora de imagem Maria Quixadá.

A especialista em estilo nota que a Jade do BBB tenta ser mais acessível do que a Jade Picon, sua versão mais famosa. "Ela tem apostado em elementos que a aproximam das pessoas da casa e do público", observa.

Uma das mudanças mais radicais adotadas pela influenciadora digital foi no cabelo. A tonalidade natural de Jade ajuda a suavizar a ideia de mulher fatal que ela desenvolveu ao longo dos anos nas redes. Mas toda a construção ocorreu com a entrada da participante no reality da Globo. Foi no momento em que a porta do BBB se abriu que a virada no visual de Jade aconteceu.

"O look escolhido para entrar na casa foi mais simples e até infantilizado. Ela foi certeira para passar essa imagem mais alcançável, de gente como a gente, sabe? A primeira impressão é muito importante, e Jade sabe. Por isso a escolha do look, uma maquiagem leve e os cabelos soltos, colocados atrás da orelha. Ainda assim, ela não perdeu suas assinaturas de estilo: uso das tendências mais atuais e um toque mais sensual", observa Maria.

Para dialogar com o lado Jade "pé no chão", a influenciadora criou a série de vídeos Viagem Para Fora da Bolha em seu canal do YouTube. Como o próprio nome indica, é uma imersão da patricinha em uma vida mais real. Em um dos "capítulos", a jovem de 20 anos cumpre o desafio de montar um look com apenas R$ 100 no Brás, comércio popular de São Paulo.

"A estratégia dela vai além do vestir. Acredito que isso faz com que as pessoas pensem que podem ser sim amigas da Jade, ou até como ela, alcançar seu estilo e o seu lifestyle. É a ideia de 'se ela é normal e alcançou tudo isso, eu também posso'", pontua Maria Quixadá.

Veja a comparação de Jade e Viih Tube feita por Maria Quixadá:

Cabelo de Jade Picon

O público ficou surpreso ao ver Jade com o seu cabelo natural. A estratégia, além de dialogar com a imagem que ela quer passar, tem a ver com a proteção dos fios da influenciadora. Sem a ajuda de um profissional para manter a cor platinada, provavelmente o resultado do cabelo de Jade ao fim do confinamento seria desastroso.

Mas para que os fios da influenciadora voltassem à cor original, foi preciso que eles fossem submetidos a um processo artificial de devolução de pigmento, que é o que compõe a estrutura do cabelo. 

"É um processo muito delicado. Logo, a gente tem um cabelo que sofreu com a retirada dos pigmentos, quando ela passou por uma descoloração global para ficar platinada, e depois a gente coloca pigmentos que não são próprios do cabelo. Então a gente danificou e danificou mais uma vez", explica o cabeleireiro André Florindo.

Acrescente a todos esses processos químicos uma piscina com cloro, falta de hidratação, produtos comuns e nada específicos para o cabelo dela e a ausência de um profissional para cuidar do cabelo de Jade. Provavelmente o loiro não resistiria. Não à toa, a confinada pediu à produção do BBB óleos para evitar o ressecamento das madeixas.

"Ela vai precisar de muito mais do que óleo capilar para recuperar aquela ponta depois de tanta química. O ideal ali é fazer a reposição da famosa vitamina T, que é fazer o corte dessas pontinhas que estão danificadas. Mas de todo modo, acho que foi estratégico voltar o cabelo para o castanho. Foi uma solução mais do que perfeita", observa Florindo.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.