AGEISMO

Taxada de velha em A Fazenda, Andréa sofre mesmo preconceito que Xuxa e Madonna

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem de Andréa Nóbrega chorando, sentada em sua cama em A Fazenda 11

Andréa Nóbrega chorou de raiva por causa de Diego Grossi, que a chamou de avó durante uma discussão

PAOLA ZANON - Publicado em 07/11/2019, às 16h38

Assim como Madonna e Xuxa Meneghel, Andréa Nóbrega está sofrendo com comentários maldosos a respeito de sua idade em A Fazenda 11. Alguns peões do reality se referem à socialite, de 51 anos, como "velha doida" ou "velha desgraçada", duvidam de sua capacidade para realizar as provas e reclamam de seu comportamento. A rainha do pop e a apresentadora da Record já enfrentaram ataques semelhantes por conta de suas idades.

Cometários pejorativos por causa da idade são considerados preconceituosos. Hariany Almeida xingou a ex-Mulheres Ricas de "velha desgraçada" após a saída de Drika Marinho na primeira roça. Lucas Viana e Tati Dias já usaram a expressão "velha doida" e "velha idiota" diversas vezes para falar sobre Andréa.

Em um dos barracos mais memoráveis da edição, Diego Grossi, de 37 anos, disse que a loira teria idade para ser sua avó, sendo que a diferença de idade entre ambos é de 14 anos. Relembre:

"Me chamam de velha, de avó. Daqui a pouco vou virar tataravó de vocês, é uma sacanagem!", disse Andréa para Viny Vieira e Jhenyfer Dulz, a Bifão. "Eles acham que mulher de 50 [anos] é um bagaço. Não é verdade! Sou uma jovem senhora!", brincou.

Thayse Teixeira e Hari declararam que preferem ir para a roça com Andréa porque ela é mais velha, então seria fácil ganhar dela na prova do fazendeiro e se livrar da berlinda. Nas redes sociais, internautas reclamaram da indignação seletiva do público:

Ageismo

O termo ageismo vem da palavra "age" -- idade, em inglês, e foi criado em 1969 pelo psiquiatra e gerontologista Robert Neil Butler (EUA, 1927-2010) para nomear o preconceito contra pessoas mais velhas, através de um estereótipo negativo sobre algo natural que é o envelhecimento.

O médico Egidio Dorea, que coordena o projeto USP Aberta à 3ª Idade, explicou ao Notícias da TV que existem vários tipos de ageismo e o mais comum deles é o implícito, em que a pessoa que comete não tem ideia do que está fazendo, porque há um conceito enraizado de que pessoas mais velhas perdem capacidades físicas e mentais. É isso que classifica a palavra "velho (a)" como algo pejorativo.

No caso de Andréa, o doutor disse que os xingamentos estão diretamente ligados à idade. "Não a chamam apenas de doida, mas de 'velha doida', em um sentido negativo. Ela age fora do que é esperado de uma mulher de 50 anos".

Segundo o médico, é comum a ideia de que pessoas com mais idade tenham um comportamento tranquilo, ao contrário da socialite, que fala alto e não mede palavras para dizer o que pensa. E ele afirma que a maioria das vítimas de ageismo são as mulheres.

Túlio Maravilha, por exemplo, nunca foi subestimado nas provas físicas do reality rural e tem a mesma idade de Andréa. O ex-jogador não foi se quer chamado de velho pelos participantes.

"As mulheres têm maior expectativa de vida, são cinco anos a mais que os homens. Existe uma cobrança da sociedade para que a mulher mantenha a aparência jovem. Quando surgem cabelos brancos, as mulheres pintam. Os homens de cabelo grisalho não, são considerados até mais charmosos", justificou o médico.

O preconceito pode mexer com a saúde física e mental das vítimas. As doenças mais comuns são depressão, hipertensão e tendência ao desenvolvimento de síndromes, como o Alzheimer.

"O pensamento de que as pessoas mais velhas perdem a capacidade começa aos 40 anos, não necessariamente depois dos 60, em que é considerada idosa. Empresas começam a demitir funcionários antigos e procurar jovens", afirmou o coordenador.

Celebridades sofrem por envelhecer

O ageismo se tormou mais conhecido depois que Madonna passou a ter seu trabalho criticado por conta da idade. No clipe da música Medellín, a cantora de 61 anos protagonizou cenas sensuais ao lado de Maluma, que tem 25 anos, e recebeu inúmeros comentários ofensivos.

Em entrevista ao site The Cut, Madonna disse que a ideia de que uma mulher precisa deixar de ser divertida, aventureira, bonita ou sexy depois dos 40 anos é ridícula e ultrapassada. "Nunca acho que estou lutando contra a idade. Estou apenas continuando com a minha vida, como sempre fiz", declarou.

Confira o videoclipe criticado apenas por sua idade:

Xuxa Meneghel também está no time de famosas que já foram criticadas por envelhecer. Aos 56 anos, a apresentadora disse que não gosta de usar maquiagem fora do trabalho, não pensa em colocar botox e rebateu as ofensas: "Só não envelhece quem morre. É melhor se acostumarem".

Um dos ataques de preconceito que a rainha dos baixinhos sofreu foi por causa de uma foto que postou de biquini e sem maquiagem. Algumas rugas e marcas de expressão foram destacadas por internautas. Confira:

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Olha a cor dessa água! Lindo né?!?

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) em

Últimas de A Fazenda 11

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook