Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube
A atriz Elizabeth Savala como a beata Mirtes em O Sétimo Guardião - João Cotta/TV Globo

Elizabeth Savala

Com mais de 40 anos de carreira na televisão e no teatro, Elizabeth Savala integra o primeiro time de atores da Globo. Mas, no início de carreira, ela não tinha a menor pretensão de atuar em frente às câmeras e só pensava em fazer teatro.

Elizabeth Savala Casquel nasceu em São Paulo, em 23 de novembro de 1954. Aos 13 anos, assistiu a uma montagem de A Moreninha no teatro e ficou encantada pela profissão de atriz. Mesmo contra a vontade de seu pai, Francisco Casquel Rufino, ela se matriculou na Escola de Arte Dramática da USP no início da década de 1970.

Em uma das disciplinas do curso, os alunos participavam do programa Teatro 2, na TV Cultura. A atração contava com três diretores: Antônio Abujamra, Cassiano Gabus Mendes e Antunes Filho. Savala se saiu bem e foi convidada para mais um trabalho na emissora. Depois foi intimada por Abujamra a fazer um teste para uma produção da Globo.

A estreia na emissora carioca foi em 1975, na novela Gabriela, como a rebelde Malvina. A atuação de Elizabeth rendeu o prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) de Revelação do Ano. Naquele mesmo ano, ela esteve em outra trama, O Grito e, em 1976 viveu a irmã Angélica em Estúpido Cúpido.

Em 1977, Savala deu vida à taxista Lili em O Astro, de Janete Clair. O sucesso foi tanto, que a atriz não podia andar na rua sem ser abordada pelos admiradores. Uma situação inusitada aconteceu no enterro de sua sogra, com um grande tumulto no cemitério porque as pessoas queriam se aproximar da artista.

Dois anos depois, a atriz estava novamente em frente às câmeras em mais um folhetim de Janete Clair como a bailarina Carina em Pai Herói. A década de 1980 foi intensa na vida profissional de Elizabeth Savala, que emendou uma novela na outra: Plumas e Paetês (1980), O Homem Proibido (1982), Pão, Pão, Beijo, Beijo (1983), Partido Alto (1984), De Quina para a Lua (1985) e Hipertensão (1986).

Após tanto trabalho, Elizabeth deu um tempo da televisão e voltou a se dedicar ao teatro. A volta para a teledramaturgia só aconteceu em 1991, como protagonista da minissérie Meu Marido. O retorno às novelas foi em 1994, como Auxiliadora na trama de Quatro por Quatro, um papel em que pode mostrar seus lados cômico e dramático. Em 1996, a atriz foi protagonistas de Quem É Você e viveu um momento especial ao contracenar com o filho, Thiago Picchi, que estreava na TV.

Elizabeth Savala ficou quase cinco anos longe das novelas e retornou em 2001, como a amarga beata Imaculada, em A Padroeira, de Walcyr Carrasco, último trabalho do diretor Walter Avancini, que faleceu ainda durante as gravações.

A parceria entre a atriz e Walcyr Carrasco perdurou desde A Padroeira. Savala já esteve em oito tramas do autor. Entre os destaques estão a cômica vilã Jezebel em Chocolate com Pimenta (2003) e a simpática  ex-chacrete Márcia em Amor à Vida (2013), quando fez uma dupla com Mateus Solano, que interpretou Félix. O papel deu à atriz o prêmio de Melhor Atriz pela APCA.

O mais recente trabalho da atriz na TV é na trama de O Sétimo Guardião, como a beata Mirtes, que prega a moral e os bons costumes e inferniza os moradores de Serro Azul com suas ordens absurdas.

Nos palcos
Elizabeth Savala nunca abandonou suas raízes e o amor pelo teatro. No final da década de 1980, criou a companhia ESCA (Elizabeth Savala & Camilo Áttila) em parceria com o  marido. A atriz é uma incentivadora de ações que levem o teatro gratuitamente ou a preços populares para vários locais do país.

Vida Pessoal
A atriz se casou pela primeira vez aos 19 anos com o também ator Marcelo Picchi. Os dois ficaram juntos entre 1973 e 1984 e tiveram quatro filhos: Thiago, Diego e os gêmeos Ciro e Tadeu. Os dois mais velhos também seguiram a carreira artística.

Em 1986, Savala começou a namorar o produtor cultural Camilo Áttila. Após uma relação de 25 anos, os eles resolveram oficializar o casamento com uma cerimônia realizada em 2011. O segredo para a duradoura união de mais de 30 anos, segundo a atriz, é morar em casas separadas. Desde o início do relacionamento eles nunca dividiram o mesmo teto e seguem como eternos "namorados".

Principais trabalhos na TV
Gabriela (1975) – Malvina
Estúpido Cupido (1976) – Irmã Angélica
O Astro (1977) – Lili
Pai Herói (1979) – Carina
Plumas e Paetês (1980) – Marcela
Partido Alto (1984) – Isadora
Quatro por Quatro (1994) – Auxiliadora
Quem é Você? (1996) – Maria Luísa
A Padroeira (2001) – Imaculada
Chocolate com Pimenta (2003) – Jezebel
Amor à Vida (2013) – Márcia
Alto Astral (2014) – Tina
Pega Pega (2017) – Arlete
O Sétimo Guardião (2018) - Mirtes


Personagens


Galeria de fotos de Elizabeth Savala


Últimas notícias de Elizabeth Savala


Últimas notícias

as + lidas

Enquete

O que você espera ver na TV em 2021?