Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TRANSMISSÃO IN LOCO

Xingada pela torcida, Globo confirma equipe em jogo do Palmeiras na Libertadores

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Caio Ribeiro (à esq.), Cleber Machado e Casagrande no último jogo do Palmeiras transmitido pela Globo no Allianz Parque - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Caio Ribeiro (à esq.), Cleber Machado e Casagrande no último jogo do Palmeiras transmitido pela Globo no Allianz Parque

VINÍCIUS ANDRADE

Publicado em 7/5/2019 - 5h15
Atualizado em 7/5/2019 - 12h45

Sem acordo com o Palmeiras para exibir os confrontos da equipe no Brasileirão, a Globo foi xingada pela torcida Alviverde em partida realizada no Allianz Parque no último sábado (4). A equipe volta a jogar em seu estádio amanhã (8), mas dessa vez pela Libertadores e com exibição da emissora criticada pelos torcedores. Mesmo depois de ter sido hostilizada, a Globo confirma que enviará narrador e comentarista para fazer a transmissão in loco.

Leia também ->Globo e Fox Sports: Como assistir Palmeiras x San Lorenzo ao vivo na TV e online

"A transmissão será feita do estádio", resumiu a emissora em nota enviada ao Notícias da TV. A equipe da Globo que estará no Allianz Parque será a seguinte: Cleber Machado na narração, com Muricy Ramalho e Walter Casagrande Jr. nos comentários. As reportagens serão de Marco Aurélio Souza, e Sálvio Spínola estará na Central do Apito. A partida será mostrada nos Estados de São Paulo e Paraná.

No último jogo do clube exibido pela emissora, foram Cleber Machado, Caio Ribeiro e Casagrande que estiveram na arena palmeirense. Em 10 de abril, o Alviverde venceu o Junior Barranquilla (Colômbia) por 3 a 0, com transmissão da Globo.

Naquela ocasião, o Campeonato Brasileiro ainda não havia começado e um acordo para a transmissão das partidas do Palmeiras na TV aberta e no pay-per-view às vésperas da competição não era descartado. Mas isso ainda não aconteceu. O confronto contra o San Lorenzo nesta quarta será o primeiro jogo do Verdão que a emissora exibirá desde o início da competição nacional, em 27 de abril.

Sem assinar com a Globo, os confrontos do Alviverde no Brasileirão são exclusivos do grupo Turner. O problema é que a empresa dona da TNT e do Esporte Interativo só pode mostrar os jogos do time paulista contra os clubes com quem também tem contrato na TV fechada: Athletico-PR, Bahia, Ceará, Fortaleza, Internacional e Santos.

O confronto do Palmeiras contra o CSA na segunda rodada do Brasileirão, por exemplo, sumiu da TV e só foi acompanhado por torcedores pelo rádio. Na próxima rodada da competição, caso time e emissora sigam sem acordo, a partida contra o Atlético-MG também não será transmitida.

O jogo do último sábado no Allianz Parque, contra o Internacional, foi exibido só pela TNT. Já no fim do confronto, a arquibancada começou a cantar em coro: "Rede Globo, vai se foder, o meu Palmeiras não precisa de você". Nesse momento, André Henning e Mauro Beting, que comandavam a transmissão do grupo Turner, fizeram silêncio para que o telespectador pudesse ouvir o que os palmeirenses gritavam.

Palmeiras x Globo

As negociações entre Globo e Palmeiras estão sendo tocadas diretamente por Fernando Manuel Pinto, diretor de gestão do futebol no Esporte do Grupo Globo, e Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras.

A Globo ofereceu R$ 100 milhões em luvas diluídas no contrato, entre este ano e 2024. O Palmeiras até concorda com o valor, o mesmo pago pela Turner quando assinou o vínculo com o clube para a TV paga, em 2016, mas quer suas exigências (ou pelo menos uma parte delas) atendidas.

O Palmeiras pede uma porcentagem fixa de pay-per-view, assim como Corinthians e Flamengo têm. O Timão e o Rubro-Negro recebem 18,5% do montante arrecadado. O Alviverde quer algo entre 15% e 16%.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?