Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

670.282 MORTOS

William Bonner se cala em respeito a vítimas de Covid-19 no Jornal Nacional

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

William Bonner e Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional

William Bonner homenageia vítimas da pandemia com momento de silêncio ao fim do programa

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 24/6/2022 - 22h20
Atualizado em 24/6/2022 - 22h34

William Bonner se calou em respeito às vítimas de Covid-19 ao terminar o Jornal Nacional desta sexta (24). Em um discurso curto de homenagem, o âncora destacou não apenas o número das pessoas que perderam suas vidas, mas também as famílias que tiveram de lidar com o luto. "Solidariedade", resumiu ele, no dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 670 mil mortes causadas pela doença.

Ao fundo, o telão que costuma contextualizar as reportagens indicava as 670.282 vidas perdidas. "O Jornal Nacional está terminando aqui com o nosso sinal de respeito e a nossa solidariedade a todas as famílias brasileiras e aos amigos de pessoas que se foram nessa pandemia", afirmou o apresentador. 

Renata Vasconcellos, que divide a bancada com Bonner, se manteve em silêncio, também em sinal de respeito. A âncora, vale lembrar, chegou a contrair Covid-19 no começo de 2022 e se recuperou na sequência.

Essa não é a primeira homenagem do Jornal Nacional às vítimas do coronavírus. O programa já tinha prestado solidariedade antes em um editorial transmitido quando o Brasil alcançou o marco de 100 mil mortos pela Covid. Isso aconteceu em agosto de 2020. Menos de um ano depois, em junho de 2021, houve outra homenagem, essa pelo marco de 500 mil vidas pedidas. 

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 324 mortos por Covid-19, além de 66.993 novos casos. Em relação aos últimos 14 dias, há um aumento de cerca de 20% tanto em mortes quanto em casos registrados. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa --uma parceria entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.