Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PALAVRÃO DEPOIS DOS 18

'Vivemos um momento que dá vontade de xingar o tempo inteiro', diz Maisa Silva

REPRODUÇÃO/GNT

Reprodução de imagem de Maisa Silva no Saia Justa

Maisa Silva no Saia Justa desta quarta-feira (3); apresentadora falou sobre palavrões e rótulo de fada sensata

REDAÇÃO

Publicado em 3/6/2020 - 22h43

Maisa Silva afirmou que a população vive um momento em que "dá vontade de xingar o tempo inteiro". Durante sua participação no Saia Justa, exibido pelo GNT nesta quarta-feira (3), a apresentadora do SBT afirmou que não utilizava palavrões em suas redes sociais por causa do público e rejeitou o rótulo de "fada sensata".

Ao completar 18 anos, no dia 22 de maio, a jovem publicou seu primeiro palavrão nas redes sociais: "F*da-se, c*ralho. Tá liberado. 18, p*rra, p*ta que pariu. Pqp, que delícia". Astrid Fontenelle questionou a atitude de Maisa sobre o "sentido simbólico de falar palavrão".

"Eu sempre tomei muito cuidado pois cresci, todo mundo me viu crescendo e teve um público infantil que acabou me acompanhando. Mas a maioria deles tem a minha idade agora, alguns até mais velhos. Então eu acabava me poupando de uma coisa que eles estavam fazendo e achavam estranho eu não fazer", afirmou ela.

Em seguida, Maisa reforçou que utilizará os palavrões nas redes sociais, conforme a situação: "A gente tá vivendo um momento em que dá vontade de xingar o tempo inteiro, mas eu escolhi o meu aniversário para inaugurar os palavrões e vou usar sempre que necessário".

Em outro momento da entrevista, a apresentadora do SBT questionou o título de "fada sensata" que recebeu dos internautas. "Sempre me posicionei, desde quando era pequena. Nunca consegui manter a língua na minha boca. Com a internet, isso começou a fazer parte da vida de outros artistas", disse.

"Cada vez que uma pessoa se identifica com a opinião do outro, coloca-se uma coroa na cabeça dessa pessoa, ela é endeusada, tratada como perfeita, fada sensata e eu não tenho problema em usar isso com os meus amigos. Porém, eu percebi que começou a ficar um pouco esquisito e não saudável quando essa postura de ser sempre a fada sensata começou a ser cobrada em todas as pessoas", questionou.

Ela reforçou que essa cobrança é feita com mais intensidade para as mulheres nas redes sociais: "Fiz postagens sobre como isso vai ter consequências psicológicas para a minha geração. Vamos crescer frustrados, pois erramos e fomos massacrados. Mais ansiosos e depressivos. Quero usar a minha voz para que as pessoas reflitam sobre isso".

Confira os vídeos de Maisa Silva no Saia Justa:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?