Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LEVOU R$ 500 MIL

Vitória de Richarlyson no Made in Japão divide público: 'Arrogante'

ANTONIO CHAHESTIAN/RECORD

Com chuva de papel picado, Richarlyson parece emocionado enquanto Sabrina Sato está animada ao fundo

Richarlyson se emociona ao ser anunciado por Sabrina Sato como o campeão do Made in Japão

REDAÇÃO

Publicado em 28/6/2020 - 9h20

O jogador de futebol Richarlyson Barbosa sagrou-se campeão da primeira edição do Made in Japão na noite de sábado (27) e levou para casa o prêmio de R$ 500 mil. A vitória do craque, no entanto, dividiu os internautas que acompanharam o reality show maluco da Record. Teve quem ficou triste com o resultado pois considerou o atleta "arrogante".

"Richarlyson arrogante o programa todo e agora se fazendo de coitado, sorte dele que o vencedor não é escolhido pelo público", criticou Beltrame. "Que bosta de resultado! Desculpa, Sabrina, se esse Richarlyson soberbo é humilde, eu sou bilionário!", ironizou a conta Comenta TV Geral.

Outros, porém, gostaram do fato de Richarlyson ter levado a melhor. "Richarlyson é um exemplo de atleta. Teve foco, disciplina, e respeito! Sempre procurou ajudar sua equipe, e venceu seus desafios com muita garra. Mereceu demais ter sido o vencedor, parabéns guerreiro!", elogiou Ariel Silva.

Teve até internauta que criticou o fato de a Record ter respeitado as regras de isolamento social e colocado apenas os três finalistas no palco ao vivo com Sabrina Sato --os eliminados apareceram de suas casas, por videoconferência.

"Parabéns Richarlyson, mas a comemoração com todos seria mais emocionante. Perdeu a oportunidade de não se isolar novamente. Parabéns a todos desse programa, foi diversão garantida em casa todos os sábados com #MadeInJapao", escreveu uma usuária identificada como Mimi Tá de Olho.

Na prova decisiva, os finalistas Richarlyson, Maurren Maggi e Flávio Mendonça cumpriram mais uma gincana maluca, bem ao estilo dos game shows japoneses. Cada um girou em uma plataforma até ficar tonto e enfrentou uma série de desafios, como mergulhos para pegar bexigas cheias de líquido, uma barreira a ser vencida, o difícil manuseio de um frágil recipiente e até um labirinto.

Quem mais preenchesse um cilindro com esse líquido das bexigas, transportado ao longo do percurso, seria o vencedor. Flávio ficou com o bronze, e Maurren ficou na segunda colocação.

Confira algumas opiniões do público sobre a vitória de Richarlyson:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?