Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FUTEBOL FEMININO

Sem acordo com Disney, Uefa vende Champions feminina para DAZN e YouTube

DIVULGAÇÃO/UEFA

Jogadoras do Barcelona, com uniforme grená do clube e levantando as mãos para cima de alegria, erguendo o troféu da Uefa Women's Champions League da temporada 2020/2021

Jogadoras do Barcelona, vencedoras da última edição da Champions feminina

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 30/6/2021 - 12h08

O DAZN e o YouTube vão exibir nos próximos quatro anos a Women's Champions League, a Liga dos Campeões de futebol feminino. O negócio foi fechado na primeira negociação para os direitos de transmissão feita pela Uefa para o torneio, que antes era negociado diretamente pelos clubes. As plataformas de streaming, no Brasil, superaram a Disney e a Globo, que foram convidadas para a negociação.

O DAZN exibirá todos os jogos da competição por streaming para quem tem a assinatura mensal de R$ 19,00. O YouTube transmitirá algumas partidas por rodada, inclusive das fases decisivas e a grande final. A partir de 2023/2024, todos os jogos serão divididos. O contrato é válido até a temporada 2024/2025.

A coluna apurou que, no ano passado, a agência Team, que vende os direitos de transmissão de torneios da Uefa, convidou empresas brasileiras para participar da negociação. Globo, Disney (dona dos canais ESPN e Fox Sports) e WarnerMedia (dona da TNT Sports) foram algumas das TVs chamadas para o negócio.

A Disney era a mais interessada, já que exibiu no Brasil as finais do torneio nos últimos anos pela ESPN sempre com boa audiência. As finais da última temporada, por exemplo, liderou a preferência entre os canais esportivos na TV por assinatura.

Porém, a Team deu preferência à proposta global e ao projeto de crescimento do torneio apresentado pelo DAZN em parceria com a big tech do Google. O acordo de exclusividade só não vale para o Oriente Médio e para o norte da África. Todas as outras regiões terão a Champions feminina pelo DAZN e pelo YouTube.

Champions feminina muda em 2021

A Champions Feminina terá um novo regulamento este ano. Serão 61 partidas por temporada, com dez dos 11 dias de jogos sem confrontar com outras competições da UEFA --ou seja, sem dividir a atenção da audiência.

A fase de grupos será composta por quatro grupos de quatro, com as equipes jogando entre si em casa e fora. As quartas-de-final e as semifinais serão disputadas em dois jogos, enquanto a final terá sede única.

É a primeira vez que a Uefa faz uma licitação para vender os direitos de transmissão de toda a competição. Antes, só era negociada pela entidade máxima do futebol europeu a fase de grupos, enquanto partidas de outras fases eram vendidas diretamente pelos clubes envolvidos nos jogos.


Leia também

Web Stories

+
42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do reality

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?