Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MACHISMO

Sheila Mello se defende das críticas por dançar aos 42 anos: 'Caso de sexualidade'

Reprodução/TV Globo

Sheila Mello, loira, cabelo curto, ondulado, segurando o microfone no estúdio do Encontro com Fátima Bernardes

Nesta sexta (16), Sheila Mello atribuiu ao machismo as críticas que recebeu por dançar aos 42 anos

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/7/2021 - 12h00

Durante o Encontro desta sexta-feira (16), Sheila Mello se defendeu das críticas que recebeu por publicar um vídeo na web em que aparece dançando de roupa colada. Alguns internautas disseram que ela, aos 42 anos, já está "velha" para fazer este tipo de performance. A ex-loira do É o Tchan afirmou que tais comentários são reflexo de uma sociedade que sexualiza as mulheres.

"O palco me dá força. Está separado dessa questão de sensualidade, da sexualidade. Quando eu respondi [os comentários], queria que as pessoas contribuíssem [com esse diálogo], porque não é um problema meu, é um problema coletivo", disparou.

"Não tenho problemas com o meu micro --minha mãe, minha família sempre abençoaram a dança. O problema é um sintoma do macro, que por trás tem falas machistas. Quando alguém diz isso, que é para eu deixar a dança para as novinhas, há uma questão social projetada por trás dessa pessoa, de falas machistas da família daquela pessoa", explicou.

A artista ainda ressaltou que, apesar de não ficar magoada com as críticas, se importa com o que dizem sobre ela. Porém, o sentimento varia de acordo com a abordagem de quem a ataca.

"Acho que não tem como a gente não se importar com a fala do outro, porque a nossa psique é formada por projeções das falas [por exemplo] da mãe, dos amigos da escola, da professora. É normal. Só que tem que ser um normal saudável. Estamos vivendo em um momento de falas que não são saudáveis", completou.

Sheila destacou também que o brasileiro vive uma ilusão ao abraçar a causa de um país liberal. "Vocês viram o vídeo? Teve rebolado?", questionou ela. "Não teve! Até as pessoas que me defenderam mostraram que têm uma questão da sensualidade por trás. A gente é um país que tem essa máscara de ser liberal demais, mas com a sexualidade não somos."

A dançarina aproveitou a ocasião para contar sobre a importância da dança na sua vida desde a infância. Segundo ela, o palco a ajudou a superar transtornos de ansiedade.

"O lugar da dança é muito sagrado para mim, ninguém consegue nem arranhar. Não é só prazer.  Eu me construí como profissional. [Além disso] eu era muito tímida e introspectiva na infância, não conseguia me comunicar, mas eu já dançava e me sentia muito segura no palco. Isso com cinco aninhos", disse.

Assista abaixo ao vídeo de Sheila que causou polêmica e a repercussão da participação dela no Encontro:


Leia também

Web Stories

+
Como estão Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos 19 anos depois do crime?42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a série

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?