Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

APOSENTADO

Sérgio Chapelin tem contrato vitalício com a Globo mesmo fora do ar desde 2019

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Sérgio Chapelin na última edição que apresentou do Globo Repórter

Sérgio Chapelin no Globo Repórter: fora do ar desde 2019, jornalista tem contrato vitalício

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 1/8/2022 - 6h45

Recentemente, uma aparição do jornalista Sérgio Chapelin na Globo deu o que falar. Ele foi convidado pelo programa Esporte Espetacular para homenagear Léo Batista, que fez 90 anos mês passado. Ambos têm algo em comum: o ex-âncora do Jornal Nacional está afastado da mídia desde sua aposentadoria da apresentação, em 2019, mas segue como contratado da líder de audiência.

Chapelin está no mesmo patamar que o próprio Batista e Cid Moreira, seu eterno companheiro de bancada no telejornal da emissora: tem contrato vitalício, renovado sempre a cada três anos. É uma forma de a empresa expressar gratidão pelo apresentador ser um dos nomes mais importantes da história da TV.

No Esporte Espetacular, ele mandou um abraço para Léo Batista e se disse feliz por vê-lo cheio de saúde. "Oi, Léo. É muito bom saber que você está agora para completar 90 anos. Eu gostaria de ter a sua fibra. Espero que você ainda continue firmão por ainda muito tempo. Um grande abraço desse velho companheiro", disse Chapelin.

Chapelin está fora do ar desde setembro de 2019, quando apresentou o Globo Repórter pela última vez. Em seu lugar, assumiram Gloria Maria e Sandra Annenberg. O apresentador tem 81 anos de idade e faz raras aparições na mídia. 

Quando deixou de apresentar na Globo, Chapelin afirmou ao Notícias da TV que iria se isolar de fato. "Eu sou um homem rural, gosto de andar a cavalo, cuidar da roça. Quero terminar os meus dias no campo", afirmou o jornalista. 

Em situações pontuais, a Globo solicita que Sérgio Chapelin faça participações em algumas homenagens e projetos internos. Assim que é chamado, ele precisa comparecer por questão de vínculo com a empresa. Mas as convocações estão cada vez mais raras. 

Sérgio Chapelin é contratado da Globo desde 1972. Na emissora, começou como apresentador do Jornal Hoje. No mesmo ano, passou a ancorar o Jornal Nacional ao lado de Cid Moreira. Teve uma passagem rápida pelo SBT, que durou um ano, e voltou para a antiga casa em 1984.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.