Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MEMÓRIA

Sem Agildo Ribeiro, humor fica mais triste: 7 comediantes que deixaram saudades

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Agildo Ribeiro, Márcia Cabrita e Paulo Silvino foram alguns dos humoristas que morreram recentemente - DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Agildo Ribeiro, Márcia Cabrita e Paulo Silvino foram alguns dos humoristas que morreram recentemente

REDAÇÃO

Publicado em 29/4/2018 - 6h35

A morte de Agildo Ribeiro, na manhã de sábado (28), deixou o mundo do humor um pouco mais triste. Nos últimos dois anos, grandes nomes da arte de fazer rir, considerados expoentes em seus respectivos segmentos, partiram e deixaram os fãs com saudades. Só em 2017, perdemos artistas como Márcia Cabrita e Jerry Lewis.

Ribeiro fez parte de uma seleção que marcou a história da televisão brasileira, ao lado de grandes nomes do humor, como Chico Anysio (1931-2012), Ronald Golias (1929-2005), Dercy Gonçalves (1907-2008) e Paulo Silvino (1939-2017), entre outros.

Relembre sete humoristas que partiram recentemente:

THIAGO PRADO NERIS/TV GLOBO

Agildo Ribeiro como Don Gorgonzola, um de seus personagens do humorístico Zorra Total

Agildo Ribeiro
Dono de personagens marcantes do humor da TV brasileira, Agildo Ribeiro esteve nos principais programas do gênero realizados pela TV Globo.

A vocação para humor surgiu logo cedo, quando estudava no Colégio Militar do Rio de Janeiro, e fazia a alegria dos colegas da escola com suas imitações.

Ribeiro atuou no teatro de revista e no rádio e estreou na TV em 1965, com uma ponta na minissérie TNT, da recém inaugurada Globo, na qual interpretou um repórter. Ele ganhou notoriedade ao fazer par com o ratinho Topo Gigio, em 1970, no programa de auditório Mister Show.

Interpretou o atrapalhado e pouco inteligente em Escolinha do Professor Raimundo, e o Zorra Total, onde deu vida ao inesquecível Don Gorgonzola, mafioso italiano que tentava esconder de sua mãe seu fracasso no mundo do crime.

ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO

O porteiro Severino foi um dos personagens mais marcantes da carreira de Paulo Silvino

Paulo Silvino
Intérprete do porteiro Severino do Zorra Total, Paulo Silvino (1939-2017) começou a carreira em 1957, no filme Sherlock de Araque. Antes de estrear na Globo, em 1967, fez outros filmes, peças teatrais, lançou discos e escreveu livros de contos eróticos.

Na emissora dos Marinho, atuou em diversos programas de humor, como TV Ó - Canal Zero (1967), Faça Humor, Não Faça Guerra (1971-1973), Satiricom (1973-1975), Planeta dos Homens (1976-1982), entre outros. Sua versatilidade o levou a substituir Chacrinha por diversas vezes no comando do Cassino do Chacrinha, em 1988, ano da morte do Velho Guerreiro

Seu personagem mais famoso, no entanto, foi o porteiro Severino, com quem eternizou os bordões "Cara, crachá" e "Isso é uma bichona". O humorista morreu em agosto do ano passado, em decorrência de complicações de um câncer estomacal.

ANA LUIZA/TV GLOBO

Márcia Cabrita interpretou durante três anos a doméstica Neide Aparecida em Sai de Baixo

Márcia Cabrita
Márcia Martins Alves, conhecida como Márcia Cabrita (1964-2017), atuou em diversas produções da Globo, mas ganhou notoriedade ao interpretar a doméstica desbocada Neide Aparecida na sitcom Sai de Baixo (1997-2000), atualmente em reexibição nas tardes de sábado.

Interpretou diversos personagens em Os Trapalhões (1993-1995) e passou por diversos programas e séries de humor da Globo e do Multishow, como Sob Nova Direção (2005), A Grande Família (2009-2010), Pé na Cova (2013), Vai Que Cola (2013 e 2016), Trair e Coçar É Só Começar (2014) e Treme Treme (2016).

Seu último personagem foi Narcisa Emília, da novela Novo Mundo (2017), trabalho que não conseguiu concluir: a atriz morreu enquanto a trama ainda estava em andamento, vítima de um câncer em estágio avançado.

DIVULGAÇÃO

Shaolin ficou famoso por imitar artistas, como os cantores Zezé di Camargo e Joelma

Shaolin
Francisco Veloso (1971-2016) ficou conhecido pelo nome artístico Shaolin. Começou sua carreira no teatro na Paraíba, sua terra natal, e apareceu na TV pela primeira vez em 1999, no Domingão do Faustão, imitando o cantor Zezé di Camargo.

Fez participações também em A Praça É Nossa (SBT) e Show do Tom (Record). Seu último trabalho foi no extinto Tudo É Possível, apresentado por Ana Hickmann na Record, onde fazia imitações de personalidades como o ex-presidente Lula e a cantora Joelma.

Sofreu um acidente de carro em janeiro de 2011, em Campina Grande (PB), que o debilitou completamente. Foi submetido a inúmeras cirurgias e nunca mais voltou a se locomover e a se comunicar verbalmente. Lutou pela vida até janeiro de 2016, quando morreu em decorrência de uma parada cardíaca. 

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Salim Muchiba, da Escolinha, foi o papel mais famoso de João Antônio Elias de Oliveira

João Antônio Elias de Oliveira
João Antônio Elias de Oliveira (1944-2017) fez sucesso nos anos 1990 com o personagem Salim Muchiba, da Escolinha do Professor Raimundo, um turco que vivia às turras com o colega de sala Samuel Blaunstein, interpretado por Marcos Plonka (1939-2011). Seus bordões mais populares eram "Pergunta à vista que eu respondo à prestação" e "Professor faz a pergunta, Salim dá a resposta".

Com o fim do programa, transferiu-se para a Record e participou da Escolinha do Barulho (1999-2001), interpretando o mesmo personagem.

Sua estreia na TV foi em 1962, na sitcom Papai Sabe Nada (1962-1966), exibida também pela Record. Trabalhou como jornalista, radialista, artista plástico e publicou sete livros. Morreu em junho de 2017, aos 72, vítima de um AVC que o acometeu após se submeter a uma cirurgia vascular de carótidas. 

REPRODUÇÃO

Jerry Lewis interpretou o esquisito Julius Kelp no filme O Professor Aloprado (1963)

Jerry Lewis
Apelidado de "o rei da comédia", Jerry Lewis (1926-2017) teve uma carreira avassaladora, impulsionada pelos trabalhos que executou nos anos 1950, tanto no cinema quanto no teatro.

A consagração veio em 1963 com o filme O Professor Aloprado, no qual interpretou o atrapalhado e desajeitado professor Julius Kelp, vítima de constantes humilhações por parte de seus alunos. Cansado de passar por tanto constrangimento, ele desenvolve uma fórmula que o transforma em um homem bonito, elegante e extremamente charmoso. Na década de 1990, Eddie Murphy reviveu o personagem.

Lewis chegou a ser indicado ao Nobel da Paz por seu trabalho em causas humanitárias. Um dos mais conhecidos começou em 1952, o programa beneficente anual do Dia do Trabalho para a Associação de Distrofia Muscular. 

REPRODUÇÃO/RECORD TV

Montanha teve o drama da reta final de sua vida explorado pelo jornalismo da Record

Montanha
O ator Gilberto Augusto Félix (1966-2018), conhecido pelo público do SBT como Montanha, foi por muitos anos uma figura recorrente nas câmeras escondidas do Programa Silvio Santos.

Ele sofria de diabete e passou por uma série de complicações por conta da doença, como a amputação da perna esquerda. Afastado da TV há alguns anos, abriu um quiosque na praia de Mongaguá, litoral de São Paulo, de onde tirava seu sustento.

Montanha morreu em fevereiro deste ano por complicações de diabete. Um mês antes, havia sido internado por sofrer de crise renal e hiperglicemia, além de dificuldades para respirar.

Leia também

Web Stories

+
Bastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?