Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Entrevista

'Se o formato do jornal mudar, eu não mudo', diz Rachel Sheherazade

Lourival Ribeiro/SBT

A jornalista Rachel Sheherazade, âncora do SBT Brasil, que não fará mais comentários na emissora - Lourival Ribeiro/SBT

A jornalista Rachel Sheherazade, âncora do SBT Brasil, que não fará mais comentários na emissora

PAULO PACHECO

Publicado em 14/4/2014 - 19h24

Desde hoje (14), Rachel Sheherazade não pode mais emitir opinião no SBT Brasil. A regra vale para todos os apresentadores de telejornais da emissora, mas a decisão foi tomada após a repercussão negativa dos comentários da jornalista. Em fevereiro, Sheherazade defendeu um grupo de "justiceiros" que deixaram um suposto assaltante de 16 anos preso nu a um poste, no Rio de Janeiro. A jornalista emcampou a campanha "Adote um bandido" e foi acusada de fazer apologia ao crime. Dois partidos (PSOL e PCdoB) protocolaram representações contra a jornalista.

Em entrevista ao Notícias da TV, Rachel Sheherazade, que voltou hoje à bancada do SBT Brasil após duas semanas de férias, afirma que soube da decisão após se reunir com a direção de jornalismo, direção artística e a vice-presidência do SBT, nesta segunda. A jornalista não acredita que foi vítima de censura e diz que continuará emitindo opiniões em outros veículos, como a internet: "Se o formato do jornal mudar, eu não mudo".

Notícias da TV - Qual será a principal mudança do SBT Brasil com a sua volta?

Rachel Sheherazade - O jornal agora não vai ter mais a opinião dos apresentadores. As opiniões que forem emitidas no jornal serão editoriais da empresa.

Notícias da TV - Vocês vão falar a opinião da empresa?

Sheherazade - Nem eu nem o Joseval [Peixoto] nem qualquer outro âncora do jornalismo do SBT vai mais emitir opiniões, por enquanto. Quando a empresa achar por bem se pronunciar a respeito de algum tema, ela vai fazer por meio de editoriais. 

Notícias da TV - O Silvio Santos contratou você para falar o que pensa. Como você lida com as mudanças no SBT Brasil?

Sheherazade - Acho normal, porque é uma mudança de estratégia da empresa. Isso não é pensado por nós, somos soldados dessa empreitada e cabe à gente encarar qualquer novo desafio com profissionalismo, garra e muito amor à profissão. É isso que o Joseval e eu vamos fazer. O jornalismo é isso, está sempre em constante mudança.

Notícias da TV - Quando você soube?

Sheherazade - Soube hoje. Nós tivemos uma reunião e foi passada essa mudança de formato do jornalismo.

Notícias da TV - A o que você atribui essa mudança?

Sheherazade - Não sei, não posso falar sobre o que eu desconheço. Acho que toda empresa faz isso, muda horário, muda formato...

Notícias da TV - Mas o próprio SBT falou que tomou a decisão após a sua repercussão na mídia. Qual a sua opinião?

Sheherazade - Minha opinião é essa. Sou uma funcionária da empresa, não sou eu quem pensa o jornal, quem determina o formato do jornal, então só tenho que cumprir e abraçar esse novo formato e seguir fazendo o meu trabalho com o máximo de profissionalismo e amor à casa que eu tenho. Se a empresa achou por bem mudar o formato, a gente acata com muito respeito, porque a gente sabe que a empresa visa o melhor para o telespectador e seus profissionais. A gente só tem que seguir, confia e segue. Eu confio na empresa e nos rumos que ela vai dar ao jornalismo.

Notícias da TV - Você acha que foi censurada?

Sheherazade - Não, acho que não. Acho que é uma mudança de formato, foi isso que me foi passado.

Notícias da TV - Você disse em uma entrevista sobre forças poderosas que querem te calar?

Sheherazade - São partidos políticos que ingressaram com uma representação, do PSOL e do PCdoB pedindo o meu afastamento da televisão.

Notícias da TV - Suas férias de agora não têm nada a ver com isso?

Sheherazade - Não têm a ver, minhas férias foram combinadas anteriormente, há três meses.

Notícias da TV - Você vai procurar outro espaço para emitir opinião, já que no SBT você não vai poder mais?

Sheherazade - Sim, eu posso encontrar outro espaço de opinião. Sempre vou ser uma pessoa de opinião, de posições firmes, isso não vai mudar. Se o formato do jornal vai mudar, eu não mudo. Sou assim, serei assim e talvez eu encontre outra forma de exibir minhas opinões que não seja pelo SBT Brasil.

LEIA TAMBÉM:

SBT corta comentários de Rachel Sheherazade, que volta hoje

Em Família: Autor reescreve cenas e transforma briga em barraco

Ibope tem falha na coleta de dados e erra audiência do SBT do domingo

Em Família: Luiza termina namoro com André para ficar com Laerte

Silvio Santos quer programa ao vivo e ameaça demitir Portiolli e Eliana

Aplicativo do reality Supestar falha novamente e revolta internautas

Para tirar novela da UTI, autor alivia peso de doenças de Em Família

Ilha de edição do Esquenta pega fogo e atração programas da Globo

Globo relança em Família com atrizes chorando nos intervalos

Em Família: Alice visita presídios em busca do pai estuprador da mãe


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do final de Amor de Mãe?