Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Nome do SBT

Saiba quem é o diretor de TV que destratou Sandy e Junior e revoltou Xororó

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A dupla Sandy e Junior em foto tirada nos anos 2000

Sandy e Junior em foto antiga; Ida de dupla ao SBT causou revolta de Xororó com Marcelo de Nóbrega

REDAÇÃO

Publicado em 2/5/2021 - 17h33

O quarto episódio da série documental Sandy e Jr: A História foi ao ar pela Globo neste domingo (2). Nele, o pai da dupla, Xororó, relata sua revolta com o tratamento dado por um diretor a seus filhos durante a gravação de um programa de TV nos anos 1990 --no caso, A Praça É Nossa, do SBT, à época dirigido por Marcelo de Nóbrega.

"Fala de mim, mas falar do meu filho, não. Eu não perdoo, não. Tem umas mágoas do passado que não vão passar. O cara chegou e falou: 'Peraí, por causa de Sandy e Junior tem segurança aqui? Aqui não tem bandido, pode sair todo mundo'", relembra o sertanejo em depoimento à produção.

Na sequência, Xororó continua: "'Não quero saber de segurança aqui. Pode ir embora. E outra coisa: fala para os artistas que podem ir embora também'. Quando a Noely ligou contando isso, me subiu o sangue de uma tal maneira... Fiquei tão nervoso que aí, no dia em que eu fui na emissora para fazer um outro programa, a pessoa estava lá. Eu chamei o segurança e falei: 'Fica perto de mim, segura a onda, porque esse cara vai levar uma porrada agora'".

Em entrevista ao site Na Telinha em junho de 2020, quando a série foi lançada e o tema voltou à tona pela primeira vez, Marcelo de Nóbrega, diretor de A Praça É Nossa à época e filho do humorista Carlos Alberto de Nóbrega, admitiu que as críticas do cantor foram endereçadas a ele.

DIVULGAÇÃO/SBT

Marcelo de Nóbrega e seu pai, Carlos Alberto

"Na ocasião, aconteceu isso sim. A história verdadeira foi que eles foram convidados por mim, inclusive, porque gosto muito deles, são muito queridos. Quando olhei para fora, vejo chegando um exército no SBT. Começou a entrar segurança atrás de segurança, parecia que tinha chegado o presidente da república", relembrou.

Em seguida, Marcelo prosseguiu: "Perguntei ao responsável da gravadora se podia tirar os seguranças, porque eles começaram a barrar os artistas da Praça. Falei: 'Não é para barrar os nossos artistas que vocês estão aqui'. Ele: 'Não quero saber, se os seguranças não ficarem, eles não gravam'."

Sem citar o nome do funcionário da gravadora de Sandy e Junior, o diretor concluiu seu relato: "Ele me afrontou no meu programa, na emissora onde eu trabalho. Esse cara da gravadora foi o grande culpado. Falou: 'Se você quiser, levo eles embora', como se não precisassem da Praça. O meu sangue ferveu, fui proteger os meus artistas. Não precisava daquele exagero. Ele me enfrentou e eu o enfrentei".


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários sobre BBB21

Leia também

Web Stories

+
De cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileirasCaso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?