AQUI SE FAZ...

Rejeitado por Porchat, Ratinho se vinga e foge de entrevista na Record

Gabriel Cardoso/SBT

Carlos Massa, o Ratinho, em entrevista ao Poder em Foco do último domingo (9): magoado - Gabriel Cardoso/SBT

Carlos Massa, o Ratinho, em entrevista ao Poder em Foco do último domingo (9): magoado

GABRIEL PERLINE e LUCIANO GUARALDO - Publicado em 11/09/2018, às 12h59

O apresentador Carlos Massa, o Ratinho não vai participar da série de entrevistas que Fábio Porchat está fazendo em seu talk show com nomes que fizeram sucesso na Record para comemorar os 65 anos da emissora. O motivo? Vingança. "Eu convidei ele diversas vezes para vir ao meu programa. Ele não veio, então também não vou", decretou.

Em um almoço com a imprensa promovido pelo SBT para celebrar as duas décadas de Massa na programação, ele não escondeu sua frustração com o comediante do grupo Porta dos Fundos. "O Porchat veio participar de vários programas daqui, mas não veio no meu. Por que será?", questionou ele.

Depois de se destacar na CNT/Gazeta com um programa policial, Massa foi contratado pela Record em 1997 para comandar o Ratinho Livre. A passagem durou apenas dois anos, mas seu estouro na audiência chamou a atenção de Silvio Santos, que pagou uma multa milionária para contar com ele na grade do SBT. 

Se quisesse participar do Programa do Porchat, Ratinho não enfrentaria problemas com a direção do SBT. Afinal, nomes como Roberto Cabrini, Raul Gil e Eliana foram liberados para relembrar sua passagem pela emissora de Edir Macedo. Ele só não vai se sentar no sofá por mágoa mesmo.

Na conversa com os jornalistas, Massa também tentou justificar a entrevista que Raul Gil deu a Porchat, na qual comentou que não aceita o fato de Ratinho não valorizá-lo como o primeiro a lhe dar um empurrãozinho na TV.

"Para mim, é uma novidade que o Raul tenha mágoas de mim. Ele me ajudou, a Hebe [Camargo, 1929-2012] me ajudou. Mas quem me ajudou mesmo foi Eduardo Lafon [1946-2000, então diretor de programação da Record], que não está mais aqui. Mas eu acho que o Raul está reivindicando data, pra ser o primeiro", minimizou.

Na conversa com Porchat, Raul Gil ressaltou que foi ele quem convidou Ratinho para participar do quadro Pra Quem Você Tira o Chapéu, nos anos 1990, porque ele estava fazendo sucesso no Paraná ao substituir Luiz Carlos Alborghetti (1945-2009), que havia se afastado do posto para concorrer ao cargo de deputado estadual.

Após a gravação, os dois foram jantar. Gil disse que, nessa ocasião, Ratinho teria lhe pedido uma ajuda para crescer na TV. Ele atendeu ao pedido do novo amigo e o indicou para participar de diversos programas de projeção nacional.

Em 1997, Ratinho foi contratado pela Record e passou a dizer que Hebe Camargo teria sido a responsável por apresentá-lo ao país e por dar um empurrãozinho para conseguir um emprego em uma grande emissora.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da novela Orgulho e Paixão?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook