Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Maicon Küster

Record usa foto de youtuber em reportagem de estupro, e web acusa emissora de fake news

Reprodução/Youtube

Maicon Küster caracterizado como Lorenzo, o Favela de Condomínio, de peruca loira e boné preto

O youtuber Maicon Küster com o personagem cômico Lorenzo; influenciador apareceu na Record por engano

REDAÇÃO

Publicado em 3/8/2020 - 12h05
Atualizado em 3/8/2020 - 17h36

A Record foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter com a hashtag #RecordLixo na manhã desta segunda (3). Internautas acusaram a emissora de disseminar fake news em uma reportagem do Domingo Espetacular, na qual relacionava Maicon Küster a um acusado de estupro do Maranhão. A atração relatou que o suspeito do crime usava dois perfis falsos no Instagram, sendo um deles com a foto do youtuber.

"Para aliciar as vítimas, Silas [suspeito] utilizava dois perfis falsos nas redes sociais. No primeiro, se apresentava como Talita, moradora de São Luiz do Maranhão. O outro perfil era de Henrique. Na foto ele usava uma peruca loira, e agia com os dois perfis simultaneamente", disse o telejornal referindo-se a uma imagem do personagem Lorenzo, o Favela de Condomínio, interpretado por Küster.

Após repercussão negativa do caso na web, o perfil Anonymous Brasil, conhecido por delatar escândalos de emissoras de TV, celebridades e pessoas públicas, gravou um vídeo afirmando que a Record foi irresponsável e pode ter colocado a vida do youtuber em risco.

"Ontem, a Record, de forma irresponsável, dirigiu o caso de estupro que aconteceu no Maranhão, onde o suspeito usava a fotos fakes, entre elas, um personagem do youtuber Maicon Küster. Na notícia, eles mostram os perfis falsos do criminoso. No entanto, quando chega na foto do personagem, insinuam que o abusador estaria de peruca. Record, vocês têm ideia do quão isso pode ser perigoso para Maicon Küster? Ele pode perder a vida nessa brincadeira", disse o personagem na mensagem.

Küster, por sua vez, afirmou que vai processar a emissora. "Ai, Record, como vocês são capazes de dizer que o pedófilo preso era 'ele de peruca', sendo que a foto é minha? Vocês têm noção que eu corro risco de morte por culpa da irresponsabilidade completa de vocês? Não só vou processar vocês, como pedirei uma retração público por esse absurdo", ameaçou o produtor de conteúdo no Twitter.

Procurada pelo Notícias da TV, a Record se desculpou pelo ocorrido e afirmou que vai exibir uma nova reportagem no Jornal da Record nesta segunda (3) com a correção da informação. Confira a nota completa:

"Durante uma reportagem exibida ontem, 2/8, no Domingo Espetacular, sobre a prisão de um homem acusado de pedofilia no Distrito Federal, foram utilizados vídeos e fotos de perfis falsos que constam da investigação conduzida pela Polícia Civil local.

Infelizmente, houve um equívoco ao apontar a imagem de um dos perfis como sendo a do pedófilo, quando, na verdade, ele usava fotos obtidas na internet. Lamentamos o que aconteceu e vamos apresentar, nesta segunda-feira, 03/08, no Jornal da Record, uma reportagem corrigindo a informação."

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?