EXPOSIÇÃO

Programa de Sonia Abrão tem caça às bruxas após revelação de atraso de salários

REPRODUÇÃO/REDETV!

Sonia Abrão no comando do A Tarde É Sua de quinta-feira (6)

Sonia Abrão no comando do A Tarde É Sua de quinta-feira (6); salários dos funcionários estão atrasados

GABRIEL PERLINE - Publicado em 07/02/2020, às 04h49 - Atualizado às 06h06

O clima de caça às bruxas se instaurou na RedeTV! e na Câmera 5, que pertence a Sonia Abrão e a Elias Abrão. Após o vazamento do áudio de uma reunião interna da produtora, em que Margareth, irmã da apresentadora, responsabiliza indiretamente a emissora pela falta de pagamento dos salários e cachês de todos os funcionários e colaboradores do A Tarde É Sua, os sócios da RedeTV! começaram uma busca pela identidade do delator que expôs o caso à imprensa.

O colunista Ricardo Feltrin revelou ontem (6) em sua página no UOL os detalhes da reunião. No áudio vazado, Margareth, irmã de Sonia, estava nitidamente constrangida ao avisar a equipe que não havia previsão para o pagamento dos salários por conta da falta de repasse da RedeTV!, e aconselhou os funcionários a buscarem novos empregos.

A notícia caiu como uma bomba na RedeTV!. Os sócios Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho não gostaram da exposição negativa e pediram a seus interlocutores que descobrissem o responsável pelo vazamento do áudio. Eles interpretaram o ato como uma traição. O nome do delator foi rapidamente revelado e, segundo fontes do Notícias da TV, eles ficaram surpresos.

O responsável pelo vazamento é uma pessoa de confiança de Sonia e de Elias. E que, até quarta-feira (5), tinha passe-livre na emissora. O cenário, hoje, é o oposto. O "traidor" está proibido de pisar na RedeTV!.

Como o A Tarde É Sua é um programa gravado fora das dependências da emissora e vendido para a RedeTV!, a Câmera 5 tem total independência em relação a suas decisões editoriais e também a seu elenco e funcionários. Portanto, Dallevo e Carvalho não têm autonomia para pedir a demissão do delator. Mas estão dispostos a convencer Elias Abrão a cortar de vez o "emissário do apocalipse".

A reportagem conversou com diferentes funcionários da produtora, e o discurso de todos estava muito alinhado. O clima de tensão foi intensificado graças à "rádio-corredor", e o nome do responsável --que não tem a simpatia das faxineiras, produtores e profissionais da técnica-- está na boca do baixo clero.

Ao Notícias da TV, Elias Abrão desmentiu o clima de tensão, disse que não há caça às bruxas e tampouco sabe quem gravou e vazou o áudio da reunião que expôs a inadimplência da RedeTV!. Questionado sobre o que fará quando descobrir a identidade do delator, o irmão de Sonia não soube responder. E se for alguém de sua confiança? "Vou me sentir traído e decepcionado", afirmou.

Os salários dos funcionários da Câmera 5 estão atrasados há três meses, e alguns estão apelando a amigos e parentes para comprar comida, pagar as contas básicas e até mesmo para o transporte público que os leva diariamente ao local de trabalho. Elias afirma que todas as pendências serão acertadas até 15 de fevereiro.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook