Shark Tank Brasil

Participantes de reality inventam forma de lucrar em cima de igrejas evangélicas

Divulgação/Canal Sony

O empreendedor Kélisson Faria no episódio desta sexta (16) do Shark Tank Brasil, do Canal Sony - Divulgação/Canal Sony

O empreendedor Kélisson Faria no episódio desta sexta (16) do Shark Tank Brasil, do Canal Sony

REDAÇÃO - Publicado em 16/11/2018, às 05h26

Dois empresários de Goiás tiveram uma ideia inovadora no campo da fé: juntar líderes religiosos e fiéis de igrejas evangélicas num só lugar, um aplicativo para celular. Os empreendedores Kélisson Faria e Maris Stella apresentam a novidade no episódio desta sexta-feira (16) de Shark Tank Brasil, reality show do Canal Sony.

Segundo Faria, já existem mais de 300 mil igrejas de vertente evangélica no Brasil, mas a maioria delas, pequenas, faz o controle administrativo manualmente, o que causa ineficiência operacional e financeira. Não há, por parte do empresário, nenhum pudor em tratar igrejas como empresas que lidam com grandes quantias de dinheiro.

Por isso, e também para melhorar a comunicação entre os membros das comunidades, ele criou o aplicativo. As igrejas podem se cadastrar, com uma mensalidade de R$ 89,70 pela sede principal e mais R$ 29,90 por filial.

Pelo programa, podem controlar as entradas e saídas de dinheiro das suas igrejas e criar grupos para comunicação com seus fiéis. Os empreendedores oferecem aos "tubarões" 10% do negócio por aporte de R$ 200 mil.

"A previsão para os próximos dois anos é de ter 6 mil igrejas cadastradas, que dá em torno de mais de R$ 100 mil de faturamento por mês", afirma Kélisson. A ideia de cara instiga os jurados. "Isso aí é um nicho. Não tem ninguém fazendo", diz Robinson Shiba, um dos investidores em potencial. 

"O foco no futuro é para os membros, já estamos projetando ter um percentual sobre cada transação feita pelo aplicativo", explica o empresário. A grande ambição dele é que as pessoas possam pagar o dízimo também pelo aplicativo, o que faz crescer os olhos dos "tubarões" no produto.

Também chama a atenção dos investidores a proposta de empreendedores que querem reinventar o conceito de "vending machine". Eles criaram uma máquina do tipo das que têm refrigerantes e snacks em geral, mas inovaram ao colocar outros produtos de uso imediato, como itens de beleza ou saúde. A ideia é implementar essas máquinas que vendem de tudo em condomínios residenciais e lucrar com publicidade.

Ainda participam do episódio uma empresa muito bem-sucedida de iluminação em LED e dois irmãos que querem investimento para expandirem uma franquia de frozen yogurt. 

Formato de sucesso em mais de 30 países, Shark Tank Brasil vai ao ar hoje no Canal Sony, às 22h, com reprise no domingo, às 23h.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook