Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MAIS UM ROUND

No Jornal Nacional, Bonner critica fake news e cutuca Bolsonaro: 'Irresponsável'

Reprodução/TV Globo

William Bonner durante editorial no Jornal Nacional desta quinta (14), com Alan Severiano no telão

William Bonner durante editorial no Jornal Nacional desta quinta (14), com Alan Severiano no telão

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 14/1/2021 - 21h01
Atualizado em 14/1/2021 - 21h11

O Jornal Nacional desta quinta-feira (14) promoveu mais um round na briga entre William Bonner e Jair Bolsonaro. O âncora do telejornal da Globo fez um editorial sobre fake news e cutucou o presidente e seus seguidores por compartilharem notícias falsas em grupos de WhatsApp e descreditarem a imprensa responsável. "Estamos esgrimando com loucos, irresponsáveis. Gente que faz isso investido de um cargo público", criticou o jornalista, sem citar o nome do governante.

O desabafo aconteceu no momento do JN em que Alan Severiano apresenta os dados mais recentes sobre a pandemia do novo coronavírus. Ao se deslocar da bancada até o telão em que interage com o colega de São Paulo, Bonner se dirigiu à câmera e abriu o jogo.

"Chega aquele momento em que eu, a Renata Vasconcellos, hoje seria a Ana Luiza [Guimarães] aqui, nós aparecemos aqui ao lado do Alan Severiano que está em São Paulo. Você já sabe o que vai acontecer agora. Mas eu queria só lembrar que se nós fazemos isso todo dia, é porque nós estamos cumprindo um dever profissional. Nós, aqui, e todos os jornalistas do planeta Terra", começou.

"Nesse momento, infelizmente, além de dar as notícias, de trazer as informações corretas, nós estamos esgrimando com loucos, com irresponsáveis, com gente que é capaz de entrar num WhatsApp da vida e sair espalhando mentira a bel-prazer. Mas as mentiras mais absurdas, as mais absurdas, crendices. Tem gente que faz isso investido de cargo público, tem gente que faz isso sistematicamente", continuou Bonner, de maneira séria.

"Mas a gente aqui, nós, jornalistas profissionais, nós não vamos desistir. Porque esse é o nosso dever profissional. A gente está defendendo aqui a nossa profissão, mas a gente está defendendo aqui a sociedade, a nossa aqui no Brasil e cada colega nosso jornalista em cada país desse planeta."

"Então agora eu vou pedir a você que preste muita atenção às informações que o Alan Severiano está trazendo, porque elas foram colhidas por um consórcio de veículos de imprensa, empresas independentes da imprensa se juntaram para oferecer para você em diversos meios, em diversos veículos, números e informações confiáveis, como essas que o Alan vai trazer agora", finalizou Bonner, indicando que Severiano teria uma "notícia péssima" para dar.

No Twitter, os internautas elogiaram o desabafo do âncora do Jornal Nacional. "O discurso do William Bonner no JN agora foi um tapa na cara, jantou com classe", opinou um usuário identificado como Ariel.

"Jantar do dia, hoje no JN, o recado de Bonner foi direto para o Bozo [Bolsonaro] e sua turma de 'irresponsáveis investidos de cargo público'", comentou Edmilson Ferreira.

A jornalista Rachel Sheherazade também elogiou o colega de profissão: "Desabafo do colega William Bonner agora no JN sobre a irresponsabilidade de homens públicos espalhando fake news sobre a Covid e incitando o ódio contra quem só quer informar. Nessas horas eu tenho tanto orgulho de ser jornalista. Obrigada por falar por nós, Bonner!".

Confira o desabafo e alguns tuítes sobre o caso:


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas