Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

QUE MERDA!

No Caldeirão, Mariana Santos atola a mão em pilha de esterco: 'Era cocô?'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Mariana Santos usa um óculos divertido e um fone enorme; ela tem a expressão aterrorizada enquanto aperta uma montanha de esterco no Caldeirão

Mariana Santos viveu momentos de terror ao afundar as mãos em cocô no Caldeirão deste sábado (4)

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 4/6/2022 - 17h17

Mariana Santos não esperou nem cinco minutos para atolar a mão em uma pilha de esterco no Caldeirão. A atriz participou do quadro Toque de Caixa e, de primeira, já tocou, apertou e espremeu uma montanha de fezes animais. "Era cocô?", perguntou a atriz, transtornada após a nojeira na atração vespertina da Globo.

Na estreia do quadro neste sábado (4), os participantes tiveram 45 segundos para descobrir o que havia entro de uma caixa. Eles usavam óculos divertidos, que os impediam de ver o objeto, e fones com isolamento acústico, para não ouvirem dicas do público. O jeito é confiar no toque -e em uma única frase proferida por Marcos Mion, que mais confundiam do que ajudavam. 

Ao todo, são 10 caixas disponíveis, mas cada dupla pôde escolher o número que preferia. De cara, Mariana escolheu o número sete. O apresentador até se chocou com a decisão péssima da loira. "O sete é meu número da sorte", justificou ela.

A plateia ficou em êxtase enquanto a mão da intérprete afundava no cocô. Entre gritos e expressões de nojo, ela ainda se confundiu ao tentar entender o que era aquilo, afinal das contas.

"Ai, que nojo! Que isso? Calma, calma. É uma terra, uma lama. Lama com prego. Um tolete de prego. Tem areia aqui, tem lixo, tem prego... Minha mãe tá aqui dentro. Mãe, sai daí!", berrou ela. Michelle Campos, que acompanhava a artista no quadro, caiu no riso.

A situação ficou podre mesmo quando a atriz tirou as mãos da caixa misteriosa e as levou justamente ao nariz. A plateia gritava. Até Douglas Silva, adversário da artista na empreitada, não segurou o riso. "Era cocô?", perguntou, atônita.

O cocô foi o pior objeto do dia. Na sequência, vieram as minhocas, que causaram pânico no ator e ex-BBB. Para piorar, a intérprete de Rebeca em Cara e Coragem quase caiu dura ao tocar uma rosca de padaria. Traumatizada pelo esterco, ela tinha certeza de se tratar de um sapo --animal pelo qual sente pânico.

Um pé humano, uma jaca, um celular antigo, uma couve-flor e a uma montanha de porcas ainda atormentaram os participantes. Douglas Silva e sua convidada, Catarina Bruno, venceram a disputa. Eles completaram 10 pontos antes das adversárias. 

Para levar 20 mil reais para casa, porém, eles ainda tiveram de enfrentar uma "grande caixa do terror", um labirinto enorme cheio de teias de aranha e obstáculos. 

Veja as cenas:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.