Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CASO ROBINHO

Neto elogia a Globo e detona Caio Ribeiro na Band: 'Você tá de sacanagem'

REPRODUÇÃO/BAND e TV GLOBO

Montagem de fotos com Neto na Band e Caio Ribeiro no Globo Esporte

Neto criticou Caio Ribeiro na Band nesta segunda-feira (19); comentarista da Globo se defendeu

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 19/10/2020 - 14h35

Na edição desta segunda-feira (19) de Os Donos da Bola, José Ferreira Neto dedicou um tempo para mandar uma mensagem aos jornalistas que tiveram números vazados em grupos de WhatsApp e elogiar a Globo na condução do caso, além de fazer duras críticas aos comentários de Caio Ribeiro sobre a contratação de Robinho pelo Santos.

"Caio, você tá de brincadeira. Não tem opinião? Você tá de sacanagem comigo? Tá brincando comigo, de falar uma barbaridade dessa, rapaz? Você não tem filha, não tem mãe, não tem avó? Tá de brincadeira, rapaz!", gritou Neto em seu programa na Band.

Na sexta-feira (16), antes de o Santos anunciar que havia desistido de contratar Robinho após pressão de patrocinadores e a repercussão negativa do caso, Caio tinha dito que o jogador merecia o benefício da dúvida.

Naquele mesmo dia, o Globo Esporte havia revelado detalhes das investigações que acontecem contra Robinho na Itália. Em novembro de 2017, o Tribunal de Milão condenou o ex-jogador do Santos e um amigo, Ricardo Falco, a nove anos de prisão por violência sexual de grupo contra uma mulher, num caso ocorrido em 2013.

Em uma das conversas divulgadas pelo GE, Robinho admitiu que tentou transar com a mulher. Um amigo, então, disse que viu o novo contratado do Santos fazendo sexo oral com a jovem. "Isso não significa transar", rebateu o jogador.

Nesta segunda (19), pouco antes da crítica de Neto nos Donos da Bola, Caio voltou atrás e explicou que não tinha visto a reportagem antes de opinar sobre o caso Robinho. "Eu acho que o Santos tinha que rescindir o contrato, pela repercussão e pelas informações que surgiram no fim de semana", disse Ribeiro, no Globo Esporte.

"Na sexta-feira, eu emiti uma opinião sobre esse caso de estupro e eu não tinha visto a matéria do GE.globo nem a transcrição do processo. Na hora que eu vejo, ainda mais eu que tenho uma filha menina, a forma que ele se dirige à vítima, que ele fala sobre o estado da menina, me caiu mal e me deu dor de estômago. Analisando tudo o que surgiu no fim de semana, ele perde o benefício da dúvida e ele tem que pagar", se explicou Caio Ribeiro.

Em um outro desdobramento do caso Robinho, os jornalistas Carlos Cereto, Ana Thaís Matos e Rodrigo Capelo, do Grupo Globo, e Marília Ruiz, do BandSports, tiveram seus números vazados em grupos de WhatsApp com pessoas favoráveis à contratação do atacante. Eles sofreram ameaças de morte.

De acordo com o UOL Esporte, a Globo acionou os departamentos jurídico e de segurança pessoal para dar suporte aos seus contratados. Neto elogiou a atitude da emissora e condenou esse tipo de ataque. "Ceretinho, Ana Thais, Marilia Ruiz, a gente está com vocês. A Band, eu e Os Donos da Bola, a gente tá com vocês. O que a Globo fez, parabéns à Globo", falou ele.

Assista abaixo ao vídeo em que Neto detona Caio e elogia a Globo:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas