Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TOQUE DE CAIXA

Marcos Mion presta tributo a Gugu Liberato com balde de larvas no Caldeirão

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Marcos Mion usa uma blusa verde e uma jaqueta marrom; apresentador segura o microfone na direção da boca

Ao submeter Fernanda Gentil a um martírio, Marcos Mion recordou legado de Gugu Liberato

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 2/7/2022 - 17h34

Marcos Mion prestou um tributo para Gugu Liberato (1959-2019) ao ultrapassar um novo limite no Caldeirão deste sábado (2). Fernanda Gentil e Maurício Gentil afundaram as mãos em um balde de larvas no Toque de Caixa, inspirado na Prova do Bicho --um dos quadros mais lembrados do Domingo Legal em seu auge no SBT.

O apresentador recordou do legado deixado pelo pai de João Augusto, Sofia e Marina durante a brincadeira. "Preciso honrar os medalhões da TV brasileira que já fizeram esse quadro, e vale tudo. Então, um salve para Gugu Liberato! Uma salva de palmas para o Gugu, minha grande inspiração, e nós vamos fazer direito", ressaltou o apresentador.

Os participantes, com venda nos olhos e fone nos ouvidos, precisam reconhecer um objeto apenas pelo toque. Pode ser qualquer coisa: desde um pilha de pregos até esterco animal. Não há moleza. Ainda assim, as larvas marcaram um extremo. A reação de choque do público provou que, ao menos naquele momento, ninguém pensava que o Caldeirão chegaria tão longe.

Por isso, o apresentador decidiu ressaltar suas referências. Afinal, esta não é a primeira vez que o ator presta uma homenagem ao colega na TV. Na morte de Gugu, em novembro de 2019, Mion chorou ao vivo durante A Fazenda 11.

"Gostava muito do Gugu, sofri um baque muito forte com a partida dele. Nunca neguei pra todo mundo que ele foi a minha maior inspiração. Sempre falei isso e fico feliz de ter falado pra ele em vida muitas vezes", disse, na ocasião.

Além da nojeira a qual Fernanda Gentil foi submetida, outros objetos esquisitos marcaram a presença no programa. A jornalista tocou uma lagosta, um babyliss e uma pilha de unhas humanas.

Leandro Lima, que disputou a atração com a jornalista, teve mais sorte. Ele pegou apenas uma vasilha de purê de batata, um pote com glitter e uma cabeça de palhaço. No último caso, um homem fantasiado de palhaço estava dentro de uma caixa; a cabeça, única parte do corpo dele que estava fora do baú, podia ser tocada pelo artista.

Tanto ele quanto seu convidado, o amigo Yuri Campos, acertaram a maioria dos objetos. O intérprete de Levi em Pantanal ainda teve de enfrentar um labirinto cheio de gosma, mas conseguiu entregar 15 mil reais nas mãos do colega.

Veja Fernanda Gentil com as mãos imersas em larvas:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.