Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO ESPORTE ESPETACULAR

Mãe de Eliza Samudio critica imprensa por caso goleiro Bruno: 'Bateram muito nela'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A mãe de Eliza Samudio, Sônia Fátima Moura, em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da Globo, deste domingo (10)

Sônia Fátima Moura relembrou o assassinato da filha no Esporte Espetacular deste domingo (10)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 10/1/2021 - 12h47

Mãe da modelo Eliza Samudio (1985-2010), Sônia Fátima Moura criticou a imprensa pela cobertura do assassinato de sua filha em uma reportagem especial do Esporte Espetacular exibido neste domingo (10). O goleiro Bruno Fernandes foi condenado pelo crime,  que ocorreu em 2010. "Eles bateram muito em cima da Eliza", disse a avó do filho do criminoso.

O esportivo da Globo produziu reportagem sobre os casos de jogadores de futebol que cometeram violência contra a mulher. Sônia foi procurada para falar de Eliza, que não teve seu corpo encontrado até hoje. A investigação apontou que a jovem de 25 anos foi levada para uma chácara em Minas Gerais, onde foi morta.

A mãe dela criticou a sociedade que se preocupou mais em julgar o comportamento de sua filha do que com o crime butal do qual ela foi vítima.

"Se ela era garota de programa ou o que ela fez com a vida e com o corpo dela, diz respeito a ela, a mais ninguém. Ela não matou ninguém, ela não atentou contra a vida de ninguém. É isso que a sociedade não consegue ver", defendeu a entrevistada do programa esportivo.

"'Ah, é maria-chuteira, não sei o que'. E se ela fosse? O que me incomoda muito são os comentários das pessoas a respeito dela. Da população em geral. Os jornalistas hoje estão mais 'light', vamos dizer assim. Porque, antigamente, eles bateram muito em cima da Eliza", relembrou a agricultora, que hoje tem a guarda legal do filho de Eliza com o goleiro Bruno.

reprodução/arquivo pessoal

Eliza Samudio com o filho que teve de Bruno

Em 2013, o ex-jogador do Flamengo foi condenado a 17 anos e seis meses de cadeia pelo crime de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado. Entretanto, ele cumpriu metade da pena preso, foi transferido para o regime semi-aberto e atualmente é jogador do Rio Branco. 

O Esporte Espetacular também citou o caso do jogador Jean Paulo Fernandes, que na época era goleiro do São Paulo, foi preso e acusado de espancar a mulher, Milena Bemfica, nos Estados Unidos. A vítima desistiu do processo, e o caso foi arquivado. Hoje, ele joga pelo Atlético de Goiás. 

O suposto estupro de uma adolescente de 13 anos por jogadores do Grêmio na Europa, e o caso mais recente, do jogador Robinho, acusado de estupro por uma mulher na Itália, também foram mencionados na atração da Globo.


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas