MARCELO MAGNO

Jornalista de afiliada da Globo que contraiu coronavírus recebe alta da UTI: 'Vitória'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O jornalista Marcelo Magno usando uma máscara e deitado na cama de um hospital

Marcelo Magno na cama do Hospital Prontomed, de Teresina: apresentador da Globo no Piuaí deixou UTI

REDAÇÃO - Publicado em 26/03/2020, às 08h16

O apresentador da afiliada da Globo no Piauí Marcelo Magno, diagnosticado com coronavírus (Covid-19), recebeu alta da UTI e foi transferido para um apartamento do hospital Prontomed, de Teresina, na noite de quarta-feira (25). Ao Jornal Nacional, o eventual substituto de William Bonner na bancada enviou um vídeo para agradecer as orações de todos. "Ainda em isolamento, mas comemorando uma vitória", declarou o âncora da TV Clube.

O apresentador foi internado em 15 de março e encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva três dias depois, onde respirou por aparelhos. Na gravação enviada ao JN, Magno celebrou a melhora em seu quadro de saúde. 

"Quero agradecer as orações, torcidas, vibrações positivas que consegui receber aqui no hospital. Fui para a UTI, depois semiuti e agradeço a todo o corpo clínico, médicos, profissionais de saúde e hoje felizmente estou aqui no apartamento seguindo o tratamento em outro estágio", disse o jornalista.

O piauiense também relatou os sintomas fortes que sentiu antes do diagnóstico. "Foram dias difíceis desde que comecei a perceber os primeiros sintomas, há mais de uma semana, febre, moleza no corpo, uma febre que não passava, tosse que não cessava, sintomas divulgados amplamente, tudo se encaixava no diagnóstico de coronavírus. Passei pelo aeroporto de São Paulo durante cerca de cinco horas e dias depois comecei a sentir os sintomas", desbafou o apresentador.

Após a exibição do vídeo, Renata Vasconcellos se alegrou com a mensagem do colega. "Ai, que bom. Como é bom encerrar o Jornal Nacional com uma notícia dessas. É um alívio para todos os colegas do Marcelo Magno. Marcelo, fica logo bom!", disse a colega de bancada de William Bonner.

O funcionário da TV Clube faz parte do time de jornalistas que participam do rodízio de âncoras do Jornal Nacional aos sábados --que acabou suspenso, também pela pandemia da Covid-19. Magno esteve no Rio de Janeiro para apresentar o Jornal Nacional, em 7 de março. Em uma escala de voo, ele passou por São Paulo. O diagnóstico de coronavírus veio no dia 19 de março, cinco dias após a internação. 

Marcelo Magno começou a carreira no Jornalismo aos 14 anos, como estagiário da Rádio Clube, do mesmo grupo da emissora de TV afiliada da Globo. Aos 19 foi efetivado como repórter na TV e, em 2007, assumiu o cargo de âncora. Hoje, ele também é editor-chefe do PITV1.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook