Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DRIELE VEIGA

Jornalista chamada de idiota por Bolsonaro é demitida do SBT após 16 anos

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Driele Veiga com um vestido preto e sorri para uma foto postada no Instagram

Driele Veiga: repórter ofendida pelo presidente Jair Bolsonaro em 2021 é demitida pelo SBT

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 2/5/2022 - 18h08

Conhecida por ter sido chamada pelo presidente Jair Bolsonaro de "idiota" durante uma visita do presidente à Bahia em maio de 2021, a jornalista Driele Veiga foi demitida da TV Aratu, afiliada do SBT em Salvador, nesta segunda-feira (2). Ela era contratada da parceira da TV de Silvio Santos desde 2006 e uma das mais populares junto ao público baiano. 

Para o Notícias da TV, Driele confirmou a informação em contato por telefone. Sua saída foi selada nesta manhã, assim que chegou para trabalhar. Não foi dado um motivo claro para o seu afastamento definitivo. A jornalista está no mercado e espera convites. Enquanto isso, ela focará em suas redes sociais. Seu Instagram tem mais de 100 mil seguidores. 

Driele Veiga trabalhou na TV Aratu/SBT por 16 anos. Além de fazer telejornais locais, ela entrava ao vivo recorrentemente em jornalísticos da rede nacional. Não era raro ela aparecer no programa Primeiro Impacto, comandado por Marcão do Povo, Dudu Camargo e Darlisson Dutra para falar de assuntos policiais.

No último ano, Driele viralizou nas redes sociais por dois casos. O primeiro deles foi quando foi chamada de "idiota" pelo presidente da República após tentar fazer uma pergunta para ele durante uma visita sua na cidade de Feira de Santana, sertão da Bahia, em abril de 2021. Driele questionou Bolsonaro por ele ter posado com o apresentador Sikêra Jr. em uma foto com os dizeres "CPF cancelado" no auge das mortes por Covid-19 no Brasil.

"O senhor foi criticado, presidente, sobre uma foto postada dizendo CPF cancelado em um momento de tantas pessoas morrendo", disse a repórter. "Você não tem o que perguntar não? Deixa de ser idiota!", disse o presidente. O caso foi repudiado por associações de jornalistas, mas não foi comentado pelo SBT na ocasião.

Já em janeiro deste ano, Driele Veiga foi impedida de entrar em um condomínio por um homem que morava no local. Ele privilegiou a Record, concorrente do SBT, segundo ela. Em um ato de esperteza, ela rapidamente fez amizade com outro morador e conseguiu se manter no local. "Eu sou convidada do 402", afirmou, em frase que virou bordão. 

Reveja a ofensa que Driele Veiga recebeu de Bolsonaro:


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.